Em Lauro de Freitas, mais de dez mil pessoas foram vacinadas contra a Covid-19 esta semana

 Nem a chuva que caiu em Lauro de Freitas na manhã desta sexta-feira (7) atrapalhou a estratégia de vacinação contra a Covid-19. Os munícipes marcaram presença nos pontos de aplicação, que disponibilizaram doses da Pfizer para a 1ª, 2ª e 3ª aplicação para diversos públicos. Só esta semana mais de 10 mil pessoas, incluindo todos os públicos, foram vacinadas no município.

Foto:Lucas Lins

No Ginásio de Esportes do Aracuí, a imunização com a 3ª dose foi uma vitória a ser celebrada em família. A fisioterapeuta Marina Miranda, 32 anos, tomou a 3ª dose com a irmã, a bióloga Carmen Miranda, 30 anos, o cunhado, o músico Djalma Luz, 39 anos, e o sobrinho Zaky Maliki, de 1 ano e 3 meses. “É emocionante. Faltam palavras nesse momento. Com tanta morte no mundo por causa da Covid, estar aqui, em família, é para agradecer e comemorar”, disse a fisioterapeuta.

A chilena Irma Martinez, 58 anos, classificou a imunização com a 3ª dose como um privilégio. Guia de turismo, ela escolheu Lauro de Freitas para viver há mais de 20 anos e espera que a pandemia cesse para melhorar o ritmo de trabalho. “Sobreviver a parte mais triste da pandemia é motivo de agradecer. Eu não tenho nem palavras para definir a oportunidade de estar aqui, viva e com saúde, e tomando a 3ª dose”, contou.

Irma ainda deixou um recado para os munícipes.“Não vacile. Vacine! Venha, que a vacina não dói, é de graça e ainda nos ajuda a atravessar esse momento difícil”, completou.

A Secretaria Municipal de Saúde (SESA) disponibilizou a aplicação da vacina Pfizer para a 1ª, 2ª e 3ª doses nos pontos de drive-thru e Unidades de Saúde da Família (USF), no período das 8h às 15h. O público com idade a partir de 12 anos (1ª dose), gestantes e puérperas (1ª e 2ª dose) e quem estava com a 2ª dose aprazada para até 7 de janeiro e 3ª dose para pessoas com 18 anos ou mais, imunossuprimidos e profissionais de saúde, também teve a oportunidade de tomar a vacina.

No município, mais de 172 mil pessoas já receberam a 1ª dose de um dos imunizantes disponibilizados pelo Plano Nacional de Imunização (PNI), do Ministério da Saúde. O número corresponde a 114% do público estimado anteriormente, visto que também foram administradas doses em pessoas residentes em outras cidades. Mais de 132 mil pessoas com a 2ª dose (84%) e 36.469 (21%) com a 3ª dose. Quanto aos adolescentes entre 12 e 17 anos, a cidade contabiliza mais de 15 mil vacinados (80%) do público dessa faixa etária.

Neste fim de semana, a vacinação está suspensa no município. A estratégia será retomada na segunda-feira (10).

0 Comentários