Notícias

Youtubers pago pelo governo Michel Temer gera polêmica na internet

Youtubers : Atualmente, quem mais consegue conversar com os jovens são os youtubers, e até o governo de Michel Temer sabe disso. Para explicar as mudanças no ensino médio, o canal Você Sabia? foi convidado para contar “Tudo que você precisa saber sobre o ensino médio”.

Ministério diz que campanha com youtubers, busca ‘estimular o debate’. Reforma foi aprovada pelo Congresso e sancionada nesta semana pelo presidente Michel Temer.

youtubers

No filme, que custou R$ 65 mil para a federação, de acordo com o jornal Folha de S.Paulo, Lukas Marques e Daniel Molo, dois jovens com mais de sete milhões de inscritos, defendem a reforma educacional em mais de sete minutos de vídeo. A abordagem positiva da alteração é tão grande que chega um ponto em que o apresentador diz “Se eu tivesse que fazer o ensino médio e soubesse dessa mudança eu ficaria muito feliz”.

Os youtuber admitiram oficialmente o viés publicitário do conteúdo, em entrevista para a Folha. “A gente já ia fazer um vídeo sobre o novo ensino médio. Como recebemos a proposta, decidimos aceitar”.

Em comunicado, a Digital Stars, agência especializada em influenciadores e responsável pelas campanhas envolvendo Lukas e Daniel, esclareceu que seguiu as normas do Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar) na campanha. Entretanto, não há nenhum indicativo explicito, no vídeo original, que avisa o usuário que ele está consumindo conteúdo pago.

Segundo a empresa, uma das condições incluídas por contrato pela Digital Stars e o casting envolvido, assim como em todos os trabalhos de publicidade, foi dar aos influenciadores total liberdade quanto ao teor de suas opiniões sobre a reforma do Ensino Médio, sem a necessidade de seguir qualquer roteiro ou diretriz política a respeito do tema. Tanto a agência de publicidade que contratou o influenciador quanto o Ministério concordaram com essas condições. Como é praxe nesse tipo de contrato, a Digital Star não revela valores envolvidos na negociação.

Confira abaixo as reações dos usuários no Youtube e o vídeo que as gerou:

Youtubers pago pelo governo Michel Temer gera polêmica na internet fevereiro 18, 2017

O youtuber Lukas Marques, pago pelo governo para defender a reforma do Ensino Médio, pediu desculpas pelos tweets preconceitos publicados em perfil nos últimos anos. Além de criticas à gestão da ex-presidente Dilma Rousseff, Marques faz ataques a gays, mulheres e nordestinos.

Aqui algumas das mensagens apagadas, mas printadas por usuários do microblog:
Youtubers pago pelo governo Michel Temer gera polêmica na internet fevereiro 18, 2017 Youtubers pago pelo governo Michel Temer gera polêmica na internet fevereiro 18, 2017 Youtubers pago pelo governo Michel Temer gera polêmica na internet fevereiro 18, 2017 Youtubers pago pelo governo Michel Temer gera polêmica na internet fevereiro 18, 2017 Youtubers pago pelo governo Michel Temer gera polêmica na internet fevereiro 18, 2017 Youtubers pago pelo governo Michel Temer gera polêmica na internet fevereiro 18, 2017 Youtubers pago pelo governo Michel Temer gera polêmica na internet fevereiro 18, 2017 Youtubers pago pelo governo Michel Temer gera polêmica na internet fevereiro 18, 2017 Youtubers pago pelo governo Michel Temer gera polêmica na internet fevereiro 18, 2017

No Twitter youtuber fala sobre as publicações polêmicas :

Etiquetas
Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios