Você se lembra do Morre Diabo? Veja como ele está hoje em dia


Lembra do meme “morre, diabo”? Ele virou curta e foi indicado a um prêmio internacional, assista

“Morre diabo”, de Leandro Realista, Marcel Woo e João Gabriel Kowalski, concorre no My Rode Reel 2016

Um dos episódios mais famosos da internet brasileira virou arte: o vídeo de um assassino condenado por matar sua mãe, que virou meme por conta de frases “não falo com Bandeirantes”, “o microfone para mim é tudo” e morre, diabo”, foi usado como inspiração por Leandro Realista, Marcel Woo e João Gabriel Kowalski para criar o curta Morre diabo – o filme foi lançado no final de maio e conta com 27,5 mil visualizações no YouTube.

Com apoio do site Não Salvo, o curta acabou indicado ao prêmio My Rode Reel, uma das mais importantes premiações de curtas-metragens do mundo. Na produção, que tem três minutos, “a câmera viaja pelo trajeto de um psicopata que tem alucinações sobre seu passado, até chegar em um encontro indesejável com a própria mãe, uma simples dona de casa que canta e testa os limites da paranoia”, explica o texto que acompanha o curta.

De acordo com o site Know Your Meme, as gravações que geraram o meme “morre, diabo” aconteceram em novembro de 2010, quando Emílio Eduardo da Rocha Devesa, de Cerro Azul, foi entrevistado pela emissora Bandeirantes da região e teve as reações exageradas transmitidas pelo programa Boa Tarde, Paraná. Em quatro dias, o vídeo já tinha 1,6 milhões de visualizações no YouTube, o que o transformou em um dos memes mais famosos da internet brasileira.

What's Your Reaction?

CONFUSO CONFUSO
0
CONFUSO
FALHOU FALHOU
0
FALHOU
DIVERTIDO DIVERTIDO
0
DIVERTIDO
ÓDIO ÓDIO
0
ÓDIO
RI MUITO RI MUITO
0
RI MUITO
AMEI AMEI
0
AMEI
GANHAR GANHAR
0
GANHAR
RAIVA RAIVA
0
RAIVA
BR Acontece
Criador do site BR Acontece, amante da internet, tv, plataformas blogger e WordPress. Vivo conectado em um mundo chamado notícias online, sempre atualizando o site BR.

Comments 0

Deixe uma resposta

Back to