Curiosidades

Texto de pergunta pro Crush, o que é Crush?

Crush vamos entender o que é crush.

Crush é um termo da língua inglesa que significa “esmagamento” ou “colisão”, na tradução literal para o idioma português. No entanto, esta palavra também é normalmente utilizada no sentido figurado, se referindo a um sentimento de intensa paixão por alguém isso se chama Crush.

Crush

 

Abaixo seguem as 36 perguntas para seu crush:

Pacote I

1. Podendo escolher entre qualquer pessoa no mundo, com quem você gostaria de jantar?

2. Você gostaria de ser famoso? De que modo?

3. Antes de fazer uma ligação telefônica, você ensaia o que vai dizer? Por que?

4. O que seria um dia perfeito para você?

5. Qual a última vez em que cantou para si mesmo? E para outra pessoa?

6. Se você pudesse viver até os 90 anos e manter a mente ou o corpo de uma pessoa com 30 anos para os 60 anos seguintes – até completar 90 – qual iria escolher?

7. Você tem um palpite secreto sobre como vai morrer?

8. Diga três coisas que você e a pessoa com quem está conversando parecem ter em comum.

9. Pelo que em sua vida você se sente mais grato?

10. Se pudesse mudar qualquer coisa no modo como foi criado, o que seria?

11. Gaste quatro minutos para contar ao seu parceiro sua história de vida, com a maior quantidade de detalhes possível.

12. Se pudesse acordar amanhã tendo ganho qualquer qualidade ou habilidade, qual seria?

Conjunto II

13. Se uma bola de cristal pudesse te contar a verdade sobre si mesmo, sua vida, seu futuro ou qualquer outro coisa, o que escolheria saber?

14. Tem algo que você sonha em fazer há muito tempo? Por que ainda não fez?

15. Qual a maior realização de sua vida?

16. O que você mais valoriza em uma amizade?

17. Qual sua lembrança do passado mais querida?

18. Qual sua memória mais terrível?

19. Se você soubesse que em um ano iria morrer subitamente, você mudaria algo no modo em como está vivendo agora? Por que?

20. O que amizade significa para você?

21. Qual papel amor e afeto têm em sua vida?

22. Se revezem ao compartilhar uma característica que considera positiva na pessoa com quem está conversando. Compartilhem cinco coisas.

23. O quão próxima e unida é sua família? Você sente que sua infância foi mais feliz do que a da maioria das pessoas?

24. Como você se sente sobre o seu relacionamento com sua mãe?

Conjunto III

25. Diga três frases começando com “nós”. Por exemplo, “nós dois estamos sentindo agora que…”

26. Complete essa frase: “Eu gostaria de ter alguém com quem pudesse compartilhar…”

27. Se você fosse se tornar um amigo próximo da pessoa com quem está conversando, por favor compartilhe algo que seja importante que ele (ou ela) saiba.

28. Diga à pessoa com quem está conversando o que você gosta sobre ela; seja bastante honesto dessa vez, dizendo coisas que talvez não falasse com alguém que acabou de conhecer.

29. Compartilhe com seu parceiro um momento embaraçoso de sua vida.

30. Qual a última vez em que chorou na frente de outra pessoa? E sozinho?

31. Diga à pessoa com quem está conversando algo que você já gosta nela.

32. O que, se há algo, seria sério demais para se brincar?

33. Se você fosse morrer essa noite, sem a chance de se comunicar com ninguém, o que mais se arrependeria de não ter dito a alguém? Por que não falou isso a essa pessoa ainda?

34. Sua casa, com tudo que você possui, pega fogo. Depois de salvar as pessoas que ama e seus animais de estimação (se tiver algum), você consegue entrar na casa para buscar uma única coisa. O que seria? Por que?

35. De todas as pessoas em sua família, a morte de qual delas mais te perturbaria? Por que?

36. Compartilhe um problema pessoal e peça um conselho à pessoa com quem está conversando, sobre como ela lidaria com a situação. Peça também para lhe dizer como ela interpreta que você está se sentindo em relação a esse problema.

* * *

É claro que relacionamentos autênticos e saudáveis não surgem de métodos e roteiros. O próprio estudo do Dr. Aron levanta uma série de ressalvas e limitações em relação ao estudo feito, cujo propósito está ligado ao desenvolvimento de intimidade – e não necessariamente se apaixonar.

Porém, tendo isso em mente, podemos brincar com essa ideia de modo despretensioso. Quem mais está disposto a testar?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado!

Desative seu Adblock para poder continuar acessando o nosso site!