População pede que Justiça cancele show de Anitta em Réveillon no PE

31/12/2019 às 18:00

Uma ação popular está tentando cancelar um show da cantora Anitta na cidade de Paulista, interior do estado de Pernambuco, marcado para acontecer durante o Réveillon, nesta terça-feira (31). O motivo seria o alto valor do cachê cobrado pela funkeira e o argumento seria de que a cidade poderia “gastar melhor” o investimento. O pedido foi negado pela Justiça em 1ª instância, mas cabe recurso.

População pede que Justiça cancele show de Anitta em Réveillon no PE  31/12/2019

O advogado Pedro Paulo da Silva foi quem entrou com a ação popular e escreveu, no texto, que o município deveria investir em outros setores públicos, visto que a cidade estaria passando por necessidades mais urgentes, “como saúde, educação e segurança”. Como o Poder Judiciário está em recesso, ele precisou ir pessoalmente ao polo de plantão na tarde do último sábado (28).

Com o pedido negado, ainda há a possibilidade de que o advogado entre com recurso em segunda instância. Caso receba uma decisão favorável, a prefeitura de Paulista será obrigada a devolver o dinheiro gasto com a apresentação.

Informações dão conta de que o show de Anitta custou cerca de R$ 250 mil, mas o pagamento não teria sido realizado exclusivamente pelos cofres públicos. De acordo com o portal ‘Uol’, há investimento da iniciativa privada no evento, que deve custar cerca de R$ 500 mil no total, contando com diversos outros shows.

Ao ‘Jornal do Commercio’, o advogado afirma que não possui nenhum tipo de problema com a pessoa ou o trabalho de Anitta. Ele diz que a ação popular relaciona-se ao valor da apresentação.

“Há clamor social desde que saiu a notícia. Em todo lugar eu que eu vou em Paulista, as pessoas estão contra. Eu, como cidadão paulistense e brasileiro preocupado com o gasto público, que deve servir para coisas sérias, sem nada contra a artista, resolvi entrar com ação popular”, disse ele.

A Prefeitura Municipal estima que o evento deve reunir cerca de 340 mil pessoas e calcula um retorno econômico de até cinco vezes o valor investido. Além disso, o órgão cita a geração direta e indireta de aproximadamente 2 mil empregos.

Deixe seu comentário