PM do Rio faz apelo nas redes sociais: ‘Familiar, não impeça o policiamento’

0

 

Comando da PM do Rio faz apelo nas redes sociais: ‘Familiar, não impeça o policiamento’

 PM do Rio

Por meio do Twitter, o comando da Polícia Militar do Rio de Janeiro fez um apelo aos familiares dos policiais que não impeçam a saída de viaturas dos batalhões.

“Todos estão percebendo o clamor público para que continuemos atuantes. Senhores, isso mostra a nossa importância. Mas impedir que o policiamento ganhe as ruas é lançar à própria sorte não só a sociedade como um todo, mas também os nossos familiares. Por favor, não impeçam a saída do policiamento”, disse o porta-voz da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, major Ivan Blaz por meio de um vídeo.

Logo após a divulgação do vídeo, o twitter da comunicação da PMERJ também postou imagens pedindo que os oficiais considerassem o risco de entrar em greve, à exemplo do caos instalado no Espírito Santo desde o início da semana.

O Twitter @LeiSecaRJ também tem feito uma cobertura ostensiva e desmentindo boatos de outros batalhões ocupados pelo estado.

Shana Reis / GERJ
Parentes de policiais no RJ seguem exemplo capixaba e começam a bloquear batalhões

​​Como a Sputnik noticiou mais cedo, familiares de policiais em Volta Redonda, município no sul do estado do Rio de Janeiro, já ocupavam a frente do batalhão da cidade.

Levando cadeiras de praia e até uma barraca, esposas de policiais pediam adicional de periculosidade e auxílio invalidez, dentre outros benefícios.

Temendo paralisação, o governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) anunciou ontem (9) pela manhã que os militares teriam seus salários reajustados. Os pagamentos atrasados também devem ser regularizados até a próxima terça (14).