Picada de uma cobra venenosa: Quais as causas e efeitos


Cobra – A população de serpentes no território Brasileiro, é composta atualmente por 386 espécies. Sendo que 16.32 %, cerca de 63 famílias são peçonhentas. E cada uma destas famílias possuem um tipo de peçonha diferente.  A avaliação do efeito da picada de uma serpente peçonhenta, somente pode ser feita após o acontecido e são muitas vezes danoso, irreversíveis ou fatais.

Pois este pode ser um acidente ofídico simples ou, de gravidade com efeito devastador. E esta avaliação do tipo de envenenamento somente será feita pelo profissional de saúde após o acontecimento.

E com certeza, ninguém quer ser picado para descobrir. Portanto, a melhor avaliação que pode ser feita antes para evitar danos,  é prevenir-se.

A pessoa que entra na mata, habitat natural das serpentes peçonhentas ou não, arrisca-se a ser picado.A picada geralmente ocorre quando a serpente sente-se acuada. Às cobras ou serpentes picam para se defender quando estão em perigo, ou, para se alimentar quando estão com fome.

Também não devemos esquecer que no ambiente desses animais somos nós os invasores. E com as nossas ações irresponsáveis quase sempre estamos lhes causando problemas com queimadas e desmatamentos.

Seu veneno tem o objetivo de paralisar a vítima, lubrificar e iniciar a digestão. Os efeitos da picada de uma serpente peçonhenta são diversos, inclusive levar à morte por envenenamento. O envenenamento, é denominado acidente ofídico e podem ser:

  • Acidente Botrópico – é causado pela picada das jararacas.

  • Podem surgir manchas roxas no local da picada e além do sangramento a vítima sente dor, também aparece inchaço no local da picada.
  • O acidente  laquético causa vômitos, queda de pressão, além de dor. E é causado por picada de surucucu.

cobra

A picada da cascavel causa um tipo de acidente chamado crotálico  – Ao ser picada a vítima sente  dificuldade de manter os olhos abertos, formigamento, a urina fica escura  e a pessoa sente muita  dor.

Os acidentes ofídicos denominados elapídicos. São atribuídos a coral verdadeira. é Neste tipo de picada a vitima apresenta aspecto sonolento,  pálpebras caídas visão borrada ou dupla.

A ação e os diversos Tipos de peçonha:

A picada de uma serpente peçonhenta pode apresentar diferentes efeitos, conforme os danos que causam aos organismos. Temos, portanto, diversas categorias de peçonha que agem em diferentes órgãos e tecidos do corpo dos outros animais.

Observe então as diversas categorias de venenos caracterizados conforme sua ação:

  1. Citoxinas- É o veneno composto de toxinas que age sobre as células da vítima. A ação deste veneno acontece no local da picada e ele tem por objetivo iniciar a digestão antes mesmo da presa ser comida. É uma toxina que destrói as membranas das células, causando a morte dos tecidos do corpo.
  2. Neurotoxinas- possui toxinas que agem especificamente sobre o sistema nervoso. Sua ação é a de bloquear os impulsos nervosos, paralisando a vítima. Pode levar à parada respiratória. A pessoa afetada pode ter ataques epiléticos seguidos de morte . Este tipo de veneno neurotóxico tem ação muito rápida. É encontrado nas corais verdadeiras e nas cascaveis .
  3. Hemotoxinas – Esse tipo de toxina age atacando as células vermelhas (hemácias) do sangue destruindo as veias, causando assim a morte por hemorragia. As hemotoxinas podem também coagular o sangue, que desta forma fica impedido de passar por veias e artérias. Esta ação provoca a parada do fluxo sanguíneo. Essa toxina é encontrada, por exemplo, no veneno da víbora-do-gabão , do habitat africano.

As causas da picada de cobra ou serpente peçonhenta.

cobra ou serpente peçonhenta pode picar pessoas ou animais. A causa da picada geralmente é considerada por nós como maldade e agressão, mas na maioria das vezes, são dois os motivos que as levam a picar:

    • Para se alimentar:
    • A cobra se alimenta de ovos e de outros animais, inclusive outras cobras. São carnívoras por natureza.  Sua alimentação inclui: pássaros, insetos, lagartos, ratos, etc. Elas usam o veneno para paralisar suas vítimas. O veneno tem também a ação de lubrificar a carne das vítimas e iniciar a digestão mesmo antes de serem devoradas. Algumas serpentes que não possuem veneno matam suas presas por constrição. Neste caso a cobra se enrola no corpo da vítima, apertando-a até a morte. Depois de se alimentarem, elas entram numa espécie de torpor, ou seja, ficam entorpecidas até que se conclua a digestão. Este processo é lento, e levam em média  1 semana para digerir o alimento.
      • Para se defender

      Geralmente as cobras ou serpentes não atacam os seres humanos. Algumas espécies são agressivas, mas ainda assim não costumam atacar, a não ser que sejam acuadas ou para se defenderem.

      As serpentes não venenosas (peçonhentas) costumam fugir e se esconder evitando contatos com o homem. Somente as serpentes ou cobras peçonhentas armam o bote e podem atacar e picar para se defenderem. A exceção das micrurus. Cobras (serpentes) Corais Verdadeiras.

Qual é a sua reação?

CONFUSO CONFUSO
0
CONFUSO
FALHOU FALHOU
0
FALHOU
DIVERTIDO DIVERTIDO
0
DIVERTIDO
ÓDIO ÓDIO
0
ÓDIO
RI MUITO RI MUITO
0
RI MUITO
AMEI AMEI
0
AMEI
GANHAR GANHAR
0
GANHAR
RAIVA RAIVA
0
RAIVA
BR Acontece

Criador do site BR Acontece, amante da internet, tv, plataformas blogger e WordPress. Vivo conectado em um mundo chamado notícias online, sempre atualizando o site BR.

Comments 0

Deixe uma resposta