Paciente solta gases durante cirurgia e provoca incêndio em Hospital

Paciente solta pum durante cirurgia e provoca incêndio

Uma mulher provocou um incêndio em um centro cirúrgico após soltar gases intestinais enquanto era passava por uma uma operação no colo do útero com uso de laser. O caso aconteceu no Hospital Universitário de Tóquio (Japão).

incêndio
Caso aconteceu no Hospital Universitário de Tóquio (Foto: Reprodução/Maps)

De acordo com informações do Metro.co.uk, citando a mídia japonesa, a mulher de cerca de 30 anos sofreu graves queimaduras pelo corpo.

O incidente ocorreu em abril deste ano, mas foi noticiado recentemente pela imprensa do país após uma investigação.

Segundo especialistas que analisaram o caso, o equipamento não teve falha, e as chamas foram provocadas pelo organismo da paciente.

“Quando o gás intestinal da paciente vazou no ambiente da operação, houve contato com a irradiação do laser, o que provocou o fogo. As chamas atingiram as cortinas e levaram ao incêndio”, afirmou o documento.

Ainda segundo o documento, os gases emitidos pela mulher causaram as chamas ao entrarem em contato com a irradiação do laser, e o fogo teria tomado grandes proporções ao atingir as cortinas de isolamento do ambiente cirúrgico.