O ator Steven Seagal será enviado especial entre EUA e Rússia


Steven Seagal é nomeado enviado especial da Rússia para assuntos humanitários com EUA

Steven Seagal
Steven Seagal (esquerda) elogiou as políticas do Presidente – Putin AFP / GETTY

A Rússia nomeou o ator norte-americano Steven Seagal como enviado especial para melhorar os laços com os Estados Unidos.

Seagal conquistou a cidadania russa em 2016 e elogiou o presidente Putin como um grande líder mundial.

Nascido nos EUA, a estrela das artes marciais ganhou fama internacional por papéis nas décadas de 80 e 90, como Under Siege.

Ele também é uma das estrelas de Hollywood acusadas por várias mulheres de má conduta sexual após a campanha #MeToo, que ele negou.

O Ministério das Relações Exteriores da Rússia fez o anúncio em sua página oficial no Facebook, dizendo que a posição não remunerada era semelhante à de um embaixador da boa vontade da ONU e que Seagal promoveria as relações entre EUA e Rússia “na esfera humanitária”.

A estrela do Voo da Fúria, ainda popular entre o público russo, defendeu recentemente o governo russo sobre as alegações de que ele se intrometeu nas eleições de 2016 nos EUA.

O homem de 66 anos chamou o presidente Putin de “um dos grandes líderes mundiais vivos” e, quando Seagal obteve a cidadania russa, disse que esperava que fosse um símbolo de como as relações entre Moscou e Washington estavam começando a melhorar.

Seagal também recebeu a cidadania sérvia em 2016, após várias visitas ao país dos Balcãs.


Like it? Share with your friends!

0
1 share