Luto: Cantor Paulynho Paixão é sepultado no interior do Piauí

Celebridades

Por conta da recomendação das entidades de saúde de se evitar aglomerações, devido a pandemia da Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus, o corpo do cantor piauiense Paulynho Paixão, 43 anos, que morreu em um grave acidente na madrugada desta sexta-feira (3),  em São Miguel da Baixa Grande, cidade natal do cantor, não será velado e seguiu direto para sepultamento.

Um vídeo mostra parte do sepultamento de Paulynho, no qual é possível ver nas imagens muitos curioso ao redor do caixão do cantor, ao som de músicas, tocadas por amigos do piauiense.  O cantor deixa esposa e uma filha.

Assista: 

Outras imagens registradas, enviados por familiares, mostram o cortejo do corpo por ruas e avenidas da cidade na manhã de hoje sob aplausos da população e admiradores em direção ao cemitério sob. Um carro de som acompanhou o cortejo tocando músicas na voz do piauiense. O cantor deixa esposa e uma filha.

Paulynho  sofreu um acidente de carro por volta das 22h de quinta-feira (2) e saiu ileso, mas resolveu retornar ao local, de moto, aproximadamente à 00h30, cerca de 3 horas depois do primeiro acidente e caiu na rodovia estadual PI-225. Ele chegou a ser encaminhado ao hospital de Valença, mas morreu por volta de 3h da manhã devido aos ferimentos.

Cantor morreu após sofrer dois acidentes

O cantor Paulynho Paixão morreu na madrugada desta sexta-feira (03/04) após sofrer dois acidentes no Piauí. No primeiro, o músico saiu de sua residência na cidade de São Miguel da Baixa Grande em direção a Teresina para encontrar com a esposa em um veículo e capotou no município de Passagem Franca do Piauí.

O cantor foi resgatado sem ferimentos, recebeu atendimento médico, voltou para sua residência e saiu em seguida em uma motocicleta, onde se envolveu em outro acidente e veio a óbito no hospital.

Esposa lamenta morte

A esposa do cantor, Tayanne Costa, publicou uma foto e um vídeo em homenagem ao marido. “Ô meu amor, que Deus te receba de braços abertos, não consigo conter essa dor. Vai em paz meu amor”, escreveu ela acrescentando que o marido morreu querendo vê-la.

Rei do Coladinho

Paulynho Paixão, ficou conhecido no Brasil, principalmente na regão Norte e Nordeste como “Rei do Coladinho” e compôs músicas que são interpretadas por cantores como Simone e Simária, Leo Magalhães, Xand Avião e Wesley Safadão. O compositor é autor de mais de 2 mil músicas ao longo de 15 anos de carreira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *