2 profissões em alta para 2018

O mercado de trabalho em 2017 acabou tendo que cortar muitos cargos e funcionários por conta da economia. Reestruturar setores, priorizar projetos e, principalmente, reduzir custos, foi uma prática recorrente em todos os ramos, nos mais diversos tamanhos de empresas.

Agora, em 2018, a perspectiva econômica é de melhora, proporcionando condições às instituições para abrir novas vagas e expandir as suas atividades. Confira a seguir as principais profissões que estarão em alta para este ano!

Advogado trabalhista:

profissões para 2018

O que faz: É responsável por representar os indivíduos ou as organizações em disputas entre empregado e empregador, cuidando de questões tanto sindicais quanto previdenciárias.

Formação profissional: Direito com especialidade em Direito do Trabalho.

Salário: de R$ 4 mil a R$ 10 mil.

Por quê está em alta? Com a grande escala de demissões nos últimos anos, muitos ex-funcionários e empresas estão abrindo e passando por processos que apenas um advogado trabalhista pode auxiliar, prestando consultoria, realizando audiências e elaborando as peças processuais.

Analista contábil:

 

profissões para 2018

O que faz: É quem vai fazer todas as análises de contas, o fechamento mensal, assim como analisar as normas e princípios contábeis internacionais, sendo devidamente capacitado para explicar as variações contábeis.

Formação profissional: Ciências Contábeis.

Salário: de R$ 5 mil a R$ 12 mil.

Por quê está em alta? Durante o período dos últimos anos, a contabilidade deixou de ser apenas uma área de suporte para participar mais de perto das tomadas de decisões em uma empresa, passando a ser mais valorizada.

Analista de mídias digitais:

O que faz: Conhece a fundo as principais redes sociais que estão sendo usadas na atualidade para gerenciar as contas de pessoas e empresas, auxiliando na gestão de uma marca e na sua comunicação.

Formação profissional: Marketing, Publicidade e Propaganda, Comunicação Social, entre outras faculdades relacionadas. As especializações são altamente valorizadas.

Salário: de R$ 3 mil a R$ 6 mil.

Por quê está em alta? A busca e o consumo de produtos e serviços por meio das mídias digitais vêm crescendo cada vez mais. Por conta disso, é fundamental que as instituições concentrem os seus esforços em atrair, engajar e se relacionar com os seus clientes por meio das redes sociais.

Aposte na sua carreira profissional e seja bem-sucedido!