Notícias

Grandes empresas param de anunciar no YouTube

Grandes empresas param de anunciar no YouTube depois de descobrir rede de pedófilos

Grandes empresas como Walt Disney e Nestlé retiraram seus anúncios no YouTube depois que um blogueiro revelou como a plataforma de vídeo está sendo usada por pedófilos. É isso que a agência financeira Bloomberg comunicou.

YouTube

A bola começou a rolar quando um YouTuber, MattsWhatItIs, explicou em um vídeo sobre como uma “rede de pedofilia softcore” consistentemente respondeu aos vídeos do YouTube em que as crianças aparecem.  Ele descobriu isso quando  encontrou filmes inocentes que eram notavelmente atraentes e tinham reações notáveis. Foram, por exemplo, filmes de garotinhas que estavam engajadas em ginástica ou ioga. Nas reações, as crianças eram chamadas de “deusa” ou “Barbie”.

Na seção de comentários, os horários eram frequentemente compartilhados onde mais imagens “sugestivas” podem ser vistas, por exemplo, quando as crianças parecem adotar uma atitude sexual ou mostrar um pouco de exposição. O algoritmo do YouTube também faz com que as pessoas que assistem a um desses vídeos obtenham imediatamente filmes semelhantes como sugestão.  Oo k lá para encontrar tais respostas foram.

Crítica

O YouTube recebeu críticas nos últimos dias. Os anúncios, entre outros, da Nestlé e da Disney foram exibidos logo antes dos vídeos, então as empresas decidiram deixar de anunciar temporariamente na plataforma. Anteriormente, a desenvolvedora de jogos Epic Games (conhecida pela Fortnite) e a produtora de alimentos Dr. Oetker haviam decidido receber suas mensagens publicitárias do YouTube.

Removido

YouTube diz em uma reação que ocorreu nesse meio tempo. “Nós imediatamente agimos removendo contas e canais, denunciando atividades ilegais às autoridades e eliminando comentários degradantes”, disse um porta-voz.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios