Sem categoria

Golpe no WhatsApp usa vale-presente e rouba informações pessoais

05/04/2017 às 20:58

Golpe no WhatsApp cupom falso, na verdade, é uma armadilha para encaminhar os usuários para sites que roubam as informações pessoais

Um novo golpe no WhatsApp promete um vale-presente de R$ 500 das lojas O Boticário. O cupom falso, na verdade, é uma armadilha para encaminhar os usuários para sites que roubam as informações pessoais e que deixam o smartphone com vírus. Segundo a empresa de segurança digital PSafe, 50 mil pessoas caíram no golpe em cinco dias.

Golpe no WhatsApp

Tudo começa quando a pessoa recebe a mensagem sobre o vale-presente de um contato ou grupo no WhatsApp. Ao clicar acreditando que receberá esse bônus de R$ 500, a pessoa é direcionada para uma página em que precisa responder três perguntas sobre a marca.

Depois de completar o questionário, o usuário precisa compartilhar o cupom falso com dez amigos para que possa baixar o falso vale-presente. Sem saber, a pessoa ajuda a espalhar o golpe para outros contatos. Em seguida, o cliente é encaminhado para se cadastrar em sites que roubam os dados e convidado a baixar aplicativos que podem colocar a segurança do smartphone e de seus dados pessoais em risco.

Por meio dessa ação, os cibercriminosos conseguem induzir um grande número de pessoas a espalharem o golpe de forma rápida, atingindo cada vez mais usuários.

De acordo com os especialistas da PSafe, a armadilha ainda conta com comentários de falsos usuários elogiando a promoção, para fingir que a promoção é válida.

Procurado, O Boticário informou que a mensagem que está circulando em grupos de Whatsapp, com link para um vale-compras de R$ 500, é falsa. A loja lembrou também que a única campanha em vigência é a que estimula as consumidoras a convidarem amigas a se cuidarem com Cuide-se Bem Nuvem e que presenteia – consumidora e amiga indicada – com uma loção de 100 ml da nova linha de Cuidados Pessoais do Boticário, após cadastro no hotsite.

Deixe seu comentário