Facebook processa empresa por fraude publicitária com celebridades

Em seu site, o Facebook anuncia que uma ação legal está sendo tomada contra o ILikeAd Media através de uma ação movida no estado da Califórnia nos EUA. Aliás, não está claro no que a empresa está apostando: o Facebook provavelmente quer que o ILikeAd Media pare de veicular anúncios fraudulentos, mas não está claro se a compensação também é necessária.

De acordo com a acusação, o ILikeAd Media colocou anúncios fraudulentos envolvendo celebridades, mas com a intenção final de instalar secretamente Malware no dispositivo do usuário. A empresa também fez uso de camuflagem , em que o link de publicidade nos sistemas do Facebook era diferente daquele mostrado aos usuários. Por exemplo, eles tentaram ignorar as ferramentas de busca do Facebook.

Anúncios fraudulentos com celebridades também ocorrem na Holanda. Por exemplo, muitos holandeses conhecidos foram usados ​​para anúncios de bitcoin, como John de Mol, Alexander Klöpping e Matthijs van Nieuwkerk. O Facebook prometeu tomar medidas contra esses anúncios, algo que logo se tornou obrigatório por um juiz . Aliás, o Facebook recorreu dessa decisão .

Recomendado para você

Author: Redação BR Acontece

Criador de conteúdo, amante da internet, TV, plataformas blogger e WordPress. Vivo conectado em um mundo chamado notícias online, sempre atualizando o site BR Acontece.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *