Como você pode ajudar um membro da família que tem demência


Ter um membro da família com demência significa muitos ajustes e paciência e cuidados extras. Haverá um novo padrão de normal na sua família. Você deve saber o que esperar e quais recursos estão disponíveis para cuidar do seu ente querido pode ser muito mais fácil. Aqui estão alguns deles.

SER LÓGICO E RAZOÁVEL NÃO É A MELHOR ABORDAGEM

demênciaVocê não pode esperar que as pessoas com demência atuem de maneiras que possam ter sentido por padrões normais. Para a maioria das pessoas, tendemos a explicar com atenção a situação para obter conformidade. Isso não funciona para pessoas com demência, já que não mais olham para ninguém como chefe. A pessoa demente já não responde aos argumentos, independentemente de quão lógicamente sonhos e precisos possam ser. Ao se comunicar com pessoas com demência, é melhor passar por frases simples e simples.

“Afirmações são as nossas vitaminas mentais, fornecendo os pensamentos positivos suplementares que precisamos para equilibrar a pressão dos eventos e pensamentos negativos que experimentamos diariamente”.Tia Walker

Lidar com um amado demente não será fácil, mas lembre-se de que você não pode ser um membro da família perfeito. Você tem todas as suas emoções humanas funcionando e, às vezes, você ficará frustrado ou impaciente. Se, no entanto, você aprender a perdoar e aceitar a situação de seus entes queridos, as coisas se tornarão mais gerenciáveis.

COMO LIDAR COM PROBLEMAS DEFICIENTES E QUESTÕES COGNITIVAS

Você pode encontrar seu membro da família demente levando acusações infundadas contra qualquer pessoa à vista. Declarações aleatórias como “você roubou meu assento no banheiro” e a repetição de comentários e tarefas pode incomodá-lo, mas você precisa aprender a se ajustar.

A Associação de Alzheimer recomenda ser encorajador e reconfortante se você perceber esse comportamento. Você também pode lidar com frustração e constrangimento, ajudando a manter-se organizado de maneiras pequenas. Tenha muito cuidado para não questionar descaradamente a capacidade da pessoa de lidar com a situação ou tentar discutir com eles. Quando você é interpretado como acusador, isso pode irritá-los e colocá-los no modo de defesa.

NÃO SUPERESTIMA OU SUBESTIMA O QUE SEU AMOR PODE FAZER

Quando você ama alguém que sofre de qualquer tipo de demência, você pode ser tentado a fazer algo por eles a maior parte do tempo. Isso, no entanto, não é a melhor abordagem. Se eles se acostumarem com você a fazer coisas por eles, eles podem perder completamente a capacidade de funcionar por conta própria. É por isso que muitas pessoas com demência perdem a capacidade de realizar tarefas do dia a dia, como escovar os dentes.

Por outro lado, se continuarmos insistindo que os nossos entes queridos façam coisas por si mesmos, você poderia estar configurando-os para estar constantemente frustrado e irritado. Eles podem ficar agitados e suas capacidades para executar tais tarefas podem não melhorar.

COMO LIDAR COM A CONFUSÃO COM O TEMPO E O LUGAR

Você pode achar seu ente querido ficar irritado e querendo ir para casa, mesmo que ele ou ela nem tenha deixado em primeiro lugar. É muito comum que eles percam a localização de onde estão ou a que horas são. Esta é uma das áreas que você deve ter cuidado.

Para lidar, explique simplesmente com fotos ou lembretes tangíveis. Alguns também recomendam dizer o mínimo possível sobre a situação e deixá-los encontrar outra atividade, como fazer uma caminhada ou tomar um lanche. Tente dar ao seu ente querido algo que o faça sentir mais seguro, mesmo que isso signifique uma mentira terapêutica.

DIGA-O CLARAMENTE AO INVÉS DE PEDIR

 

Pedir a qualquer outra pessoa o que ele ou ela gostaria de jantar ou o que assistir na TV pode ser bastante normal e inofensivo. Isso, no entanto, não é o caso do seu amado com demência porque ele ou ela pode não ter as palavras para expressar o que eles querem. Eles podem nem se importar quando estão com fome ou se precisam de nada.

Em vez disso, apenas seja direto e faça o pensamento para eles. Quando você diz “você vai jantar agora”, você não deixa espaço para a tomada de decisão para uma mente problemática. A pessoa demente é salva de um dilema de ter que responder.

Lidar com um ente querido com demência é um novo desafio, mas isso pode ser gerenciável quando você aprende a se adaptar. Você tem um amado demente? Como você lida com a situação? Compartilhe conosco sua experiência nos comentários abaixo.

Qual a sua reação?

CONFUSO CONFUSO
0
CONFUSO
FALHOU FALHOU
0
FALHOU
DIVERTIDO DIVERTIDO
0
DIVERTIDO
ÓDIO ÓDIO
0
ÓDIO
RI MUITO RI MUITO
0
RI MUITO
AMEI AMEI
1
AMEI
BR Acontece

Criador do site BR Acontece, amante da internet, tv, plataformas blogger e WordPress. Vivo conectado em um mundo chamado notícias online, sempre atualizando o site BR.

Você pode gostar