Como criar CNPJ para a sua empresa

Saiba como criar CNPJ, no BR Acontece explicaremos tudo sobre o CNPJ, um registro no qual todas as entidades devem entrar antes de iniciar suas atividades.

Como criar CNPJ para a sua empresa  setembro 26, 2019

Entre as muitas responsabilidades envolvidas no processo de posse de uma pessoa jurídica no Brasil, uma das mais importantes é a obtenção de um número de CNPJ. Todas as entidades são obrigadas a obter um CNPJ antes de poderem iniciar atividades comerciais no Brasil.

O que é isso e como criar CNPJ

O Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica, que é português para o Registro Nacional de Pessoas Jurídicas ou mais conhecido como CNPJ, tem funções semelhantes às do CPF : vinculação ao banco de dados da Receita Federal, onde são armazenadas informações sobre prestação de contas. A única diferença é que ele é exclusivo para o uso de pessoas jurídicas. O CNPJ é um número que identifica essas pessoas jurídicas e outros acordos legais na Receita Federal.

No passado, o CNPJ era denominado CGC, abreviação de Cadastro Geral de Contribuinte, que é português para registro geral de contribuintes e não é mais usado.

O número de registro do CNPJ tem um total de 14 dígitos. Os oito primeiros dígitos são o número de registro, os quatro dígitos a seguir identificam a filial da entidade, por exemplo 0001 para a sede e os seguintes números indicam a sequência de filiais de uma empresa. Os últimos 2 dígitos formam uma soma de verificação dos 12 dígitos anteriores.

O CNPJ deve ser detalhado em todas as faturas e recibos emitidos pela empresa e também na embalagem de qualquer produto fabricado pela empresa.

Com que informação está associada

O CNPJ funciona como um número de identidade para a pessoa jurídica e está vinculado a informações relacionadas a:

  • Data de abertura
  • Endereço
  • Nome da entidade e / ou nome comercial
  • Código e descrição das atividades econômicas, de acordo com a CNAE, equivalente do Brasil à Classificação Industrial Padrão Internacional de Todas as Atividades Econômicas
  • Código e descrição do status legal
  • Status de registro

Solicitando seu CNPJ e como criar CNPJ

Por meio de um acordo entre a Receita Federal e a Junta Comercial da maioria dos estados , o processo de aplicação ou alteração de um CNPJ agora pode ser feito através da Junta Comercial do estado, o que acelerou o processo. Uma nova rede – REDESIM, Rede Nacional de Simplificação de Registro e Legalização de Empresas – foi estabelecida para simplificar o processo. Cada estado que está participando do programa tem seu próprio link.

Para iniciar o processo, o solicitante, responsável pela pessoa jurídica, deve baixar o PGD, Programa de Geração de Documentos, no site da Receita Federal e preencher o DBE, Documento Básico de Entrada. Uma vez concluído, o solicitante deve fazer o download do aplicativo chamado ReceitaNet, disponível aqui .

Com a ReceitaNet, o DBE, juntamente com a Ficha Cadastral de Pessoa Jurídica, em português para o Formulário de Registro de Entidades Corporativas, são enviados à Junta Comercial do estado. A Junta Comercial verificará toda a documentação e, uma vez concluídas as verificações, a enviará à Secretaria da Receita Federal, onde o número do CNPJ será emitido.

Quem é obrigado a ter um número de CNPJ

As entidades domiciliadas no Brasil devem solicitar um número de CNPJ para cada um de seus estabelecimentos localizados no Brasil ou no exterior. O aplicativo deve ser aprovado antes de inicializar qualquer tipo de atividade. Uma disposição importante da legislação tributária brasileira é que as empresas estrangeiras devem ter um CNPJ se possuírem ações em empresas brasileiras.

As seguintes entidades também são necessárias para obter um número de CNPJ:

  • Órgãos governamentais, nos quais a administração do orçamento está envolvida
  • Condomínios
  • Grupos e consórcios de empresas
  • Consórcios de empregadores
  • Clubes e fundos de investimento
  • Representações diplomáticas estrangeiras no Brasil
  • Representações diplomáticas brasileiras no exterior
  • Representações permanentes junto a organizações internacionais ou instituições extraterritoriais no Brasil
  • Serviços de cartório e registro
  • Fundos públicos e privados
  • Candidatos a cargos políticos eletivos e comitês financeiros de partidos políticos
  • Imóveis sujeitos ao regime tributário especial (RET)
  • Comissões multinacionais criadas por ato internacional entre Brasil e outros países
  • Bancos estrangeiros realizando compras e vendas de transações em moeda estrangeira com bancos no Brasil, recebendo e entregando dinheiro em espécie na liquidação de transações de câmbio

Documentos necessários para solicitar um CNPJ

  • O Formulário de Registro para Entidades Corporativas pode ser obtido através deste link para a Receita Federal. Para Ceará, Espírito Santo, Maranhão, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo, o processo de inscrição deve ser concluído on-line
  • Conselho de administração ou parceiros
  • Documento básico de entrada para CNPJ ou protocolo de transmissão
  • Cópia do Ato Constitutivo da empresa
  • Procuração, no caso de um dos sócios residentes no exterior

Manutenção do seu CNPJ

As entidades podem manter-se atualizadas com o status do seu CNPJ – ver se ele ainda está ativo, se tem algum comentário ou irregularidade – por meio do formulário online Comprovante de Inscrição e Situação Cadastral . Um CNPJ não tem data de validade.

Como criar e-CNPJ

O e-CNPJ é um documento eletrônico na forma de certificado digital, que verifica a autenticidade da comunicação entre as entidades e a Receita Federal, funcionando como uma versão digital do CNPJ. Com isso, é possível:

  • Consulte e atualize os registros da entidade contribuinte
  • Obter certificados da Receita Federal
  • Registre e monitore on-line os processos fiscais e a procuração.

Fraudes relacionadas ao CNPJ

Diferentes casos de fraudes relacionadas ao CNPJ são registrados todos os anos no Brasil. Os tipos mais comuns são:

  • Uma entidade falsa que clona o CNPJ de uma entidade comum para usá-lo em transações bancárias ou ao solicitar crédito
  • Um site falso é projetado, semelhante ao site original, usando as mesmas informações da entidade comum, mas não fornecendo o serviço. O PROCON- SP oferece uma lista de sites que não são confiáveis ​​neste link

É recomendável, antes da execução de qualquer negócio, verificar o CNPJ da contraparte no site da Receita Federal. Também é recomendável prestar atenção se a outra entidade for criada recentemente e se o seu conselho de administração estiver mudando constantemente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *