Vidro, terceiro filme da trilogia improvável (e também o maior plot twist da carreira) de M. Night Shyamalan, estreia nesta quinta-feira (17) no Brasil. Para receber a aguardada reunião entre Elijah Price, David Dunn e Kevin Crumb (ou A Besta) de braços abertos, nada melhor do que rever os dois longas anteriores: Corpo Fechado (2000) e Fragmentado (2016).

Tendo isso em mente, o Caixa Belas Artes, cinema localizado em São Paulo, definiu Shyamalan como tema do “Noitão” de janeiro, exibindo os três filmes, um seguido do outro. A maratona, intitulada “Noitão – O Encontro de Shyamalan”, acontece nesta sexta-feira (18). Abaixo, confira a programação:

Cinema

Sala 1 – Vila Lobos

  • 23h50: Corpo Fechado (Termina às 1h40, com intervalo de 30 minutos);
  • 2h10: Fragmentado (Termina às 4h10, com intervalo 20 minutos);
  • 4h30: Vidro (Termina às 6h50).

Sala 2 – Candido Portinari

  • 23h30: Corpo Fechado (Termina as 1h20, com intervalo 30 minutos);
  • 1h50: Fragmentado (Termina às 3h50, com intervalo 20 minutos);
  • 4h10 – Vidro (Termina às 6h20).

Considerado um dos programas mais queridos pelo público do Caixa Belas Artes, o Noitão movimenta as madrugadas na esquina da Avenida Paulista com a Consolação, em São Paulo, com sessões mensais. A tradicional maratona de filmes envolve duas ou mais salas do cinema, com programações diferentes à escolha do cinéfilo. São três longas exibidos em sequência, com sorteios de prêmios, filmes-surpresa, música nos intervalos das sessões e café da manhã para os “sobreviventes” da maratona, que se encerra na manhã de sábado.