VariedadesDicas

Benefícios do maracujá na gravidez

A gravidez é uma montanha-russa. Um dia, você sente vontade de devorar todo o cardápio, enquanto na maioria dos dias deseja apenas se controlar. Durante esse estado, a maioria das futuras mamães teve sucesso em manter as frutas sem muito barulho.

Benefícios do maracujá na gravidez novembro 30, 2019

As frutas e os legumes são densos em nutrientes e, quando você adiciona uma variedade deles à sua dieta, pode garantir que seu corpo armazenará a maioria das vitaminas, fibras e nutrientes necessários para o seu bebê. Entre a lista principal de frutas benéficas, o maracujá tem uma base forte com sua potência de nutrientes.

O que é um maracujá?

O maracujá é um fruto tropical pequeno, em forma de coração, que ganha reconhecimento entre os jovens preocupados com a saúde. A fruta tem origem na videira Passiflora, uma forma de flor de maracujá. Muitas vezes, é considerado um tipo de baga devido à sua pele exterior dura e ao centro decadente glutinoso. A fruta vem predominantemente em duas variedades; variedades roxas e amarelas.

Valor nutricional do maracujá

Embora seu tamanho seja pequeno, o maracujá é embalado com calorias, fibras, vitamina A, B2, B3, B6 e vitamina C. Crescido em uma atmosfera tropical, o fruto é carregado com minerais como potássio, magnésio, cobre e ferro . Esta fruta rica em calorias também é densa em carotenoides e polifenóis. A fruta pequena também é uma potência de antioxidantes benéficos para a mãe e o feto.

Maracujá é seguro durante a gravidez?

É difícil encontrar uma fruta pequena repleta de inúmeros nutrientes como a maracujá. É considerado um dos frutos mais seguros e saudáveis ​​que garantem o crescimento do feto. Maracujá pode fazer maravilhas para o seu sistema imunológico e proteger o feto também.

10 benefícios surpreendentes de comer maracujá durante a gravidez

O principal benefício do maracujá é que ele é pobre em calorias e rico em nutrientes. Outros benefícios de consumir maracujá durante a gravidez são:

  1. Promove o crescimento e o desenvolvimento do feto: o  maracujá é carregado com antioxidantes, minerais e vitaminas, essenciais para o desenvolvimento do feto. O consumo de maracujá durante a gravidez garantirá uma boa quantidade de nutrientes para a mãe e o bebê.
  2. Alivia a insônia:  esta super fruta está repleta de alcalóide, a saber Harman, que é conhecido por aliviar o estresse e a ansiedade, ajuda no tratamento da insônia frequentemente sofrida por mulheres grávidas.
  3. Aumenta a imunidade: a  vitamina C forma quase 50% da fruta densa em nutrientes. É um fato bem conhecido que uma dieta rica em vitamina C garante um forte sistema imunológico durante a gravidez.
  4. Regula a pressão arterial:  geralmente durante a gravidez, as mulheres grávidas sofrem com a pressão arterial flutuante. A alta quantidade de potássio no maracujá reduz o risco pela metade e ajuda a regular a pressão arterial.
  5. É bom para a saúde óssea: a  saúde óssea é uma grande preocupação durante a gravidez. O consumo de maracujá ajuda a afastar os ossos quebradiços, pois é rico em minerais como ferro, magnésio, fósforo e cobre. Isso, por sua vez, ajuda a proteger a densidade óssea e evita o início precoce da osteoporose durante a gravidez.
  6. Promove a digestão saudável e suave:  é um fato conhecido que as mulheres grávidas enfrentam uma série de problemas digestivos, como azia e DRGE, causados ​​pelo crescimento do feto. A rica polpa fibrosa do maracujá ajuda na digestão fácil e promove um intestino saudável.
  7. Melhora a circulação sanguínea: as  gestantes precisam ter uma boa produção de hemoglobina para garantir que os nutrientes cheguem ao feto. O alto teor de ferro no maracujá ajuda a aumentar a produção de glóbulos vermelhos e mantém a anemia à distância.
  8. Melhora a saúde da pele e dos olhos:  A vitamina A presente na fruta ajuda a melhorar a visão e reduz o risco de problemas relacionados à visão. A vitamina A também aumenta a elasticidade da pele como um bônus adicional ao brilho da gravidez.
  9. Reduz os problemas respiratórios: o  maracujá é um expectorante natural que provou aliviar os sintomas de sibilância e asma em gestantes.
  10. Reduz as dores nas articulações:  As mulheres grávidas correm o risco de aparecimento precoce de osteoporose e dores nas articulações devido à pressão exercida pelas articulações durante a gravidez. A fruta em carga mineral também ajuda na prevenção da osteoporose e alivia a dor nas articulações.

É seguro consumir as sementes de maracujá?

Toda a fruta pequena, exceto a casca externa, é comestível, incluindo a polpa, as sementes e o suco da fruta. Consumir a fruta durante a gravidez tem muitos benefícios e absolutamente nenhum efeito colateral. A conscientização sobre o fruto da potência despertou muito interesse entre as mães da nova era. Existem muitas maneiras de consumir a fruta, e a maneira mais saborosa é no formato de suco.

O maracujá causa efeitos colaterais?

Geralmente, o maracujá é desprovido de efeitos colaterais se consumido com moderação. Contudo,

    • O consumo excessivo de maracujá pode causar sofrimento a curto prazo, como diarréia e inchaço durante a gravidez. Isso se deve ao fato de o maracujá ser carregado de fibras.
    • Embora menos relatado, o maracujá pode causar reações alérgicas. As gestantes com histórico de alergia ao látex devem estar atentas. Isso ocorre porque o maracujá contém substâncias químicas, que são do mesmo tipo encontrado no látex.
    • Quando você consome muito maracujá, pode deixá-lo um pouco enjoado.

 Como selecionar e armazenar maracujá?

Seleção: selecione maracujá grande e pesado. Escolha aqueles que não são de pele lisa, porque porque não estarão maduros. Escolha a pele com covinhas e encolhidas (que mostra que a fruta está madura). Nunca escolha maracujá muito duro, que está maduro.

Armazenamento:   Você deve consumir maracujá maduro em temperatura ambiente em dois dias Você pode congelar todo o maracujá ou sua polpa e sementes (escavando em um recipiente hermético) que pode ser armazenado por três meses. No entanto, recomendamos comer frutas frescas para obter todos os seus benefícios nutricionais.

Dicas para consumir maracujá durante a gravidez:

Tanto o fruto quanto o suco do maracujá se misturam bem com outras frutas frescas, principalmente as tropicais. Você pode apreciar a fruta fresca cortando-a ao meio. Você também pode adicioná-lo à salada de frutas e preparar suco.

Receita para suco de maracujá:

  • Maracujá: 5 ou 6
  • Açúcar: a gosto
  • Água: 1 xícara

Método:

Corte o maracujá ao meio e retire a polpa. Adicione-os diretamente ao liquidificador, juntamente com açúcar e água. Execute o liquidificador até que os ingredientes estejam bem misturados. Passe por uma peneira e sirva gelado. Um brinde a uma xícara de boa saúde.

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios