Rússia bloqueia parcialmente o Facebook

 Restringir o acesso à informação em meio à guerra em curso na Ucrânia

A Rússia parece ter bloqueado o tráfego internacional para sites governamentais que foram brevemente derrubados por ataques DDoS.

O país também disse que estava limitando o acesso ao Facebook, em retaliação à plataforma de mídia social supostamente bloqueando quatro meios de comunicação russos apoiados pelo Estado.

Conduzindo e coincidindo com a invasão da Rússia no país da Ucrânia, os ataques DDoS derrubaram o governo ucraniano, bancos e sites de mídia.

No dia seguinte, alguém DDoS atacou sites do governo russo e fez "tentativas de ataques DDoS contra sites de grandes bancos russos também", disse Doug Madory, diretor de análise de Internet da Kentik, no Twitter . "Sberbank e Alfabank foram alvos de ataques DDoS consecutivos hoje cedo [24 de fevereiro]."

Não sabemos quem estava por trás dos ataques, embora eles não tenham sido totalmente bem-sucedidos - com os sites aparecendo de volta intermitentemente.

Agora, os sites aparecem para usuários internacionais. Mas na verdade isso ocorre porque a Rússia parece ter cercado geograficamente os sites, impedindo que os internautas internacionais visitem os sites.

Alguns sites ainda estão disponíveis em todo o mundo, incluindo o do regulador de tecnologia e comunicações da Rússia, Roskomnadzor. Lá, a agência disse que "restringirá parcialmente o acesso" ao Facebook por restringir as contas do canal de TV Zvezda, da agência de notícias RIA Novosti e dos sites Lenta.ru e Gazeta.ru.


Alex Santos

Criador do site BR Acontece atualizado nos principais assuntos em política, economia, tecnologia e variedades.

Postagem Anterior Próxima Postagem