Minas Gerais volta a sofrer com estragos causados pelas chuvas

 Em Mateus Leme, uma ponte cedeu; mulher morreu em Cataguases após ter carro arrastado

Meteorologia prevê fortes chuvas em BH e Região Metropolitana(foto: Edesio Ferreira/EM/D.A Press)

Os moradores de Belo Horizonte e das outras cidades que compõem a Região Metropolitana podem se preparar: vem chuva por aí. O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) prevê que, entre ontem (14/2) e a próxima segunda-feira (21/2), a região receba 150 mm de chuva. A quantidade representa 82% dos 181 mm que historicamente caem na capital mineira em fevereiro.

O meteorologista Claudemir de Azevedo, do Inmet, afirma que esse volume de chuva pode causar elevação do nível dos rios e alagamentos. "A previsão indica volumes de chuva significativos em grande parte de Minas Gerais, podendo ultrapassar os 150 mm, principalmente no noroeste, central e região metropolitana do estado", diz trecho de informativo do instituto.

BH, aliás, já recebeu mais chuva do que o previsto para todos os 28 dias de fevereiro. Confira quanto cada regional da cidade recebeu, até às 11h50 de hoje, segundo a Defesa Civil da cidade:

Barreiro: 230,0 (127% dos 181 mm de média histórica para todo o mês de fevereiro) 
Centro Sul: 311,3 (172%)
Leste: 240,0 (132%)
Nordeste: 269,6 (149%)
Noroeste: 261,8 (144%)
Norte: 291,2 (161%)
Oeste: 277,0 (153%)
Pampulha: 273,8 (151%)
Venda Nova: 399,0 (220%)  

Claudemir cita como os principais locais da previsão de chuva intensa todas as cidades da Região Metropolitana, João Pinheiro (região Noroeste) e Três Marias (Central). Se você quiser saber qual é a previsão para sua cidade, é só acessar o link previsao.inmet.gov.br e selecionar o município no "menu".

O instituto espera, ainda, um acumulado de até 70 mm para Minas Gerais, entre os dias 22 de fevereiro e 1º de março; principalmente nas regiões sul e oeste do estado. Há ainda seis alertas de chuvas intensas e tempestades para o estado mineiro.

A maior parte do estado segue em alerta amarelo (Perigo Potencial), mas outras áreas, incluindo a região metropolitana de Belo Horizonte, se encontra em alerta laranja (Perigo). "Chuva entre 30 e 60 mm/h ou 50 e 100 mm/dia, ventos intensos (60-100 km/h), e queda de granizo. Risco de corte de energia elétrica, estragos em plantações, queda de árvores e de alagamentos", diz um dos avisos, válido até às 10h de amanhã (16/2).
Alex Santos

Criador do site BR Acontece atualizado nos principais assuntos em política, economia, tecnologia e variedades.

Postagem Anterior Próxima Postagem