Traficantes trocam água de coco por cocaína para levar droga à Europa

 Autoridades da Colômbia interceptaram na quinta-feira (27) uma carga de 19.780 cocos que guardavam cocaína líquida. A droga foi inserida nas frutas após a retirada da água de coco. A informação foi divulgada pela Fiscalização Geral da Nação, responsável por investigações no país.

Imagem: Fiscalização Geral da Nação

A carga foi interceptada dentro de um contêiner no porto de Cartagena e seria enviada a Gênova, na Itália. Os cocos estavam divididos em 504 sacos de lona.

A carga foi levada para um laboratório para cálculo da quantidade exata da droga dentro das frutas. As autoridades agora querem descobrir os responsáveis pela alteração dos cocos e tráfico internacional de drogas.

A Colômbia também pretende estabelecer contato com as autoridades italianas para entender qual o destino da droga.

Participaram das investigações o Ministério Público da Colômbia e a Polícia Nacional do país.

UOL

Alex Santos

Criador do site BR Acontece atualizado nos principais assuntos em política, economia, tecnologia e variedades.

Postagem Anterior Próxima Postagem