Crypto.com nega roubo de criptomoeda de US$ 15 milhões após incidente

 A exchange de criptomoedas Crypto.com nega que a moeda do cliente tenha sido roubada após um 'incidente de rede' no início desta semana. Duas empresas de segurança dizem que quase 5.000 Ethereum foram roubados, com um valor de mercado de cerca de US$ 15 milhões.

A exchange de criptomoedas disse na segunda-feira que houve "atividade não autorizada" nas contas de usuários e, portanto, impossibilitou a retirada de criptomoedas da exchange. Somente quando os usuários efetuaram login novamente e redefiniram 2fa, essas gravações se tornaram possíveis novamente. A empresa enfatizou que as criptomoedas de todos estavam seguras.

Um dia depois, as empresas de segurança CertiK e PeckShield disseram no Twitter que Crypto havia sido roubado. De acordo com PeckShield, trata-se de pelo menos 4600 Ethereum, CertiK fala de 4836 Ethereum e 282 usuários afetados. O usuário do Crypto.com, Ben Baller, escreveu na segunda-feira que perdeu 4,28 ethereum, no mesmo dia em que recuperou a criptomoeda roubada do Crypto.com.

Na terça-feira , o CEO da Crypto.com, Kris Marszalek, reiterou que nenhum cliente havia perdido criptomoedas e que o incidente impediu os clientes de sacar moeda por cerca de 14 horas. Marszalek promete apresentar mais informações após uma investigação interna.

Alex Santos

Criador do site BR Acontece atualizado nos principais assuntos em política, economia, tecnologia e variedades.

Postagem Anterior Próxima Postagem