Dois turistas mexicanos são presos no Egito; Eles os acusam de carregar uma faca

Os compatriotas foram apoiados pela embaixada no Egito e após audiência foram liberados nesta quinta-feira.
Os mexicanos foram presos no aeroporto acusados ​​de portar uma faca

O Ministério das Relações Exteriores informou que dois mexicanos detidos no Egito, acusados ​​de porte de facas, foram libertados nesta quinta-feira.

A agência explicou que, por meio da embaixada mexicana no país africano, deu apoio aos compatriotas.

“A representação diplomática manteve uma comunicação estreita e permanente com as autoridades locais a fim de garantir a segurança dos mexicanos detidos, acusados ​​de portar uma faca ao entrar em território egípcio. O Egito tem leis muito rígidas sobre o porte de armas não declaradas na bagagem ", explicou a embaixada em um comunicado.
A embaixada acrescentou que desde que soube da prisão “proporcionou acompanhamento e assistência para consultar os nacionais detidos e orientação às suas famílias em todos os momentos, o que inclui aconselhamento jurídico sobre o processo de imigração”.

Um funcionário consular esteve presente no tribunal que atende o distrito do Aeroporto Internacional do Cairo para ouvir sobre o processo, que foi acompanhado por um advogado de língua espanhola para apresentar provas contra as acusações ”, explicou.

A audiência dos mexicanos foi realizada hoje e as autoridades egípcias, de acordo com o processo legal e as leis daquele país, determinaram sua libertação. O embaixador recebeu os compatriotas no momento de sua libertação e agora estão com a família.

A agência detalhou consultar o Guia do Viajante antes de viajar para outro país, a fim de conhecer as necessidades de cada país.
Alex Santos

Criador do site BR Acontece atualizado nos principais assuntos em política, economia, tecnologia e variedades.

أحدث أقدم