{ads 3}

Reeducação alimentar: Passos simples para emagrecer

0

 Na saga de comer melhor ou de emagrecer, muitas pessoas acabam confundindo dieta com reeducação alimentar. Embora ambos estimulem um novo estilo de alimentação, eles têm conceitos muito diferentes.



Para saber qual é o mais adequado para você e trazer mais benefícios ao seu corpo, é bom entender a diferenciação e então escolher a melhor opção.

Segundo a nutricionista Bárbara Sanches, a dieta alimentar é um sistema prescrito a uma pessoa geralmente com restrição total ou parcial de determinados alimentos, e sempre com algum propósito terapêutico.

A reeducação alimentar é o processo de aprendizagem, conscientização e mudança de hábitos alimentares de forma gradativa. “É a compreensão dos erros alimentares e a compreensão do que precisa ser mudado para prevenção, recuperação e / ou melhorias na saúde”.


Entenda as principais diferenças entre dieta e reeducação alimentar:

  • Alimentos proibidos
  • Culpado por comer
  • Hora de acabar
  • Efeito sanfona 

 

Educação nutricional:

  • Alimentos permitidos
  • Bom relacionamento com comida
  • Mudança para a vida
  • Manutenção de peso

Uma vida saudável requer compromisso com uma dieta balanceada e sem restrições. Para isso, para se submeter à reeducação alimentar é fundamental passar por um processo de reavaliação de hábitos e comportamentos alimentares.

Não existe uma maneira certa de montar um cardápio de reeducação alimentar. Como o objetivo é manter a alimentação ao longo da vida, é importante que cada pessoa estipule o que comer, para que as refeições sejam um momento prazeroso.

Pensando nisso, Tia Sonia criou uma série de alimentos para que qualquer pessoa possa se alimentar de forma equilibrada em casa ou na rua em todas as refeições do dia.

O Empório Tia Sônia traz uma diversidade de grãos inteiros, alimentos funcionais, salgadinhos e suplementos totalmente naturais. Assim, é possível montar um menu personalizado da forma que cada pessoa achar melhor, variando de dia para dia.


Dieta ou reeducação alimentar? Dicas para perder peso sem efeito sanfona

Dieta ou reeducação alimentar: quando o objetivo é perder peso, o que é melhor? Depende. Para perder peso em pouco tempo, a dieta está na ordem. No entanto, se o que você deseja é evitar os quilos perdidos no longo prazo, a reeducação alimentar é a melhor opção. Afinal, experimente  dietas da moda como baixo teor de carboidratos  ,  cetogênica ,  ovo, baseada em torno de consumo de alimentos que possam interagir com proteínas chamas sirtuínas, perder alguns quilos e depois de algum tempo recuperá-los é muito comum. Tanto que existe até um termo para definir essa alternância entre emagrecer e engordar: efeito sanfona. Para que isso não aconteça, a dieta deve ser acompanhada por todo um processo de reeducação alimentar. É necessário modificar hábitos para alcançar uma perda de peso sustentável, que será mantida ao longo do tempo. E essas mudanças comportamentais devem começar com a alimentação, estender-se a outros aspectos da rotina e ser para a vida toda.


Dicas para reeducação alimentar

Para um resultado mais efetivo, a nutricionista Thais Campista sugere a consulta de um profissional da área, que o ajudará na preparação de cardápios e escolha de receitas. Porém, algumas orientações são comuns a quem deseja iniciar um processo de reeducação alimentar e podem ser adotadas por quem busca uma vida mais saudável, sem sofrer com dietas muito restritivas.

  1. Coma mais comida caseira. Ao cozinhar, você controla os ingredientes e dificilmente usará os aditivos presentes nos produtos industrializados;
  2. Incluir mais frutas, grãos e vegetais e seus preparados e comprar menos  produtos industrializados ultraprocessados, que geralmente são ricos em gordura e açúcar e pobres em proteínas, fibras, vitaminas e minerais  ;
  3. Reduza o consumo de açúcar refinado e adoçantes. Reaproveite o paladar para apreciar o salgado, o azedo e o amargo;
  4. Beba mais água  e menos bebidas doces, como sucos e refrigerantes, para matar a sede. Pode ser com gás, água sem gás ou até opções com sabor, pois todos hidratam;

Coma com atenção: mastigue devagar, saboreando a comida.

Comer é na hora certa  ! Coma em horários regulares, mas respeite os primeiros sinais de fome e pare quando começar a se sentir saciado.


Seja paciente. Dê um passo de cada vez e concentre-se na meta, não no tempo que levará para alcançá-la. Os resultados na escala não chegarão de uma vez, mas de forma constante e permanente.

Vale ressaltar que a reeducação alimentar é apenas um dos pilares para o alcance de um peso saudável. Alcançar essa meta exige a adoção de comportamentos que vão além da atenção ao que você come. Campista afirma que é preciso mudar o estilo de vida e manter uma rotina saudável que inclui exercícios físicos, noites bem dormidas e equilíbrio entre o lazer e o trabalho, por exemplo.

  1. Pratique atividade física regularmente;
  2. Inclua na sua rotina algo que lhe dê prazer;
  3. Durma pelo menos 7 horas por dia  ;
  4. Desligar! Sem TV, telefones celulares, tablets e computadores ligados na hora de dormir;
  5. Diminua o estresse diário;
  6. Agende momentos de lazer e relaxamento.

Mas, afinal, qual é a diferença fundamental entre dieta e reeducação alimentar?




Ao cozinhar os alimentos, você tem mais controle sobre os ingredientes usados ​​do que ao comprar produtos prontos - Foto: iStock Getty Images

Segundo a nutricionista Thais Campista, em essência, alimentação e reeducação alimentar são iguais. No entanto, o termo dieta foi associado a um regime de restrição em que os alimentos são divididos entre permitidos e proibidos. Há os que cortam os carboidratos, os que eliminam as gorduras, os que se baseiam no consumo apenas de proteínas, os que reduzem as calorias consumidas diariamente a ponto de deixar o praticante com fome.

- Dieta vem do grego cotidiano e significa “modo de viver”, o que difere muito do sentido empobrecido que a palavra ganhou hoje: restringir a dieta temporária e drasticamente para perder peso - observa a nutricionista.


Na dieta, a perda de peso é mais rápida. Mas é preciso uma reeducação alimentar para não recuperar os quilos perdidos - Foto: iStock

Thais comenta que as dietas, no sentido mais utilizado hoje, são até difíceis de manter por muito tempo, pois são baseadas em restrições dietéticas radicais, que podem até levar à insuficiência de nutrientes no organismo. Além disso, as pessoas tendem a abandoná-los ao atingir os resultados esperados. Assim, como as dietas são uma alimentação momentânea, as dietas também geram resultados temporários. A menos que sejam acompanhados justamente pela reeducação alimentar.

- Se após atingirmos a meta voltarmos aos velhos hábitos, nosso corpo também voltará à sua forma antiga. A rotina é o que sustenta qualquer resultado e, nesse contexto, o corpo é capaz de lidar com os eventuais excessos. É normal exagerar em tempos de confraternização, por exemplo. O ser humano comemora com comida e isso também é saúde - afirma.

Existem situações em que as dietas são as mais adequadas. É o caso dos dirigidos a pessoas com alergias ou intolerâncias alimentares ou indicados para portadores de doenças crônicas, como hipertensão, diabetes e insuficiência renal, condições que exigem restrição alimentar. Sem mencionar as dietas relacionadas a crenças.

- Há também o caso de pacientes em estado de descompensação de alguma dessas doenças crônicas ou com alto risco cardiovascular no pré-operatório, por exemplo, que precisam perder peso rapidamente devido ao risco de morte. Eles também devem seguir uma dieta restritiva calculada por uma nutricionista - completa.


Comer com cuidado e saborear a comida são segredos para estabelecer uma relação saudável com a comida - Foto: iStock Getty Images

Educação nutricional
Segundo Campista, manter um peso saudável no longo prazo exige paciência e confiança no processo de mudança de hábitos. É muito fácil acabar adotando maus costumes no dia a dia. Quando o objetivo é perder alguns quilos, evitar recuperá-los e viver com mais saúde, é necessário iniciar um processo de reeducação.

- Isso significa reavaliar, reorganizar e mudar os comportamentos alimentares para aprender a nutrir o corpo com equilíbrio e prazer, respeitando seus limites e criando uma relação saudável com a alimentação, sem restrições radicais - explica.

Campista também comenta que não é preciso comer cada vez menos para atingir uma meta ou que todas as pessoas precisam para perder peso. Ela discorda da ideia de que haja um padrão a ser seguido. Cada pessoa deve buscar a melhor versão possível de seu corpo.

Comer na hora certa: comer em horários regulares é um dos primeiros passos para uma reeducação alimentar - Foto: iStock Getty Images

- Basta comer melhor e fazer as pazes com a comida. Assim, o resultado na escala aparecerá. Você realmente pode comer qualquer coisa, desde que seja suficiente e em equilíbrio ao longo do dia. O que você não pode fazer é comer de tudo todos os dias de uma vez, por ansiedade, cansaço, irritação, tédio, estresse ou euforia e sem nenhum planejamento. As pessoas precisam de mais paz com a comida do que uma perda rápida de peso - analisa.

É possível notar que a reeducação alimentar é um processo longo. Você não pode esperar resultados imediatos. Para quem precisa de um empurrãozinho para começar, Campista diz que o primeiro passo é procurar um nutricionista. Para fazer isso, pergunte a pessoas em quem você confia. A segunda etapa é definir metas realistas. A nutricionista comenta que, nesse processo, o foco deve ser o objetivo. Não se preocupe com o tempo que levará para alcançá-lo.

- Mudar um hábito de cada vez pode ser mais duradouro do que mudar tudo de uma vez. Se o seu objetivo é perder peso, não adianta querer perder 10 kg em um mês e não conseguir manter esse resultado e sempre acabar frustrado com a recuperação do peso. Se o objetivo é fazer mais atividade física, comece com duas ou três vezes por semana, ao invés de ter que se exercitar todos os dias. Se conseguir mais, você estará vencendo e isso faz toda a diferença para a nossa cabeça - finaliza.
Tags

إرسال تعليق

0 تعليقات
* Por favor, não spam aqui. Todos os comentários são revisados ​​pelo administrador.

Top Post Ad

Below Post Ad

Tecnologia