Resident Evil Umbrella Corps - Muita ação no universo do game - BR Acontece

Resident Evil Umbrella Corps – Muita ação no universo do game

BR Acontece
Criador do site BR Acontece, amante da internet, tv, plataformas blogger e WordPress. Vivo conectado em um mundo chamado notícias online, sempre atualizando o site BR.
Antes de tudo já quero dizer que para o povo que está descendo o cacete nesse jogo devido à ação, acho que tem que caçar o que fazer. Parece que o nível de frescura subiu para outro nível e a choradeira dos “fãs” de Resident Evil parece ser só pra encher o saco mesmo. Digo isso porque é mais do que óbvio que isso não é um jogo da franquia principal, é um Spin-Off da coisa, então ele tem liberdade criativa pra fazer o que quiser. Agora o povo fica na choradeira de Umbrella Corps não usar o mesmo estilo de Resident Evil 1.
Por outro lado, infelizmente esse é um jogo que não posso falar bem e acreditem, eu queria! Então sim, acho que dá pra fazer críticas negativas em cima do jogo, mas não por essa mesma balela de sempre com o típico “Buááá, não é RE1”. Aqui a coisa está muito mais voltada para o próprio suporte inicial da Capcom no jogo e a ausência da comunidade.

 

Mas vamos começar falando um pouco bem da coisa né? Pois como falei, eu gostaria de apenas falar o quanto esse jogo pode ser divertido. Sendo assim, SIM, ele tem os seus pontos positivos e coisas bem maneiras. Certamente tem potencial para fazer diversas pessoas jogarem por horas e aparenta ser um baita de um desperdício.
O jogo tem uma história por incrível que pareça, você faz parte de um dos soldados da Umbrella, que só usa os melhores. E para fazer treinamentos realmente desafiadores, escolhe lugares do mundo cheios de infectados e envia duas equipes com três soldados cada, colocando para se enfrentarem no meio do caos.
A jogabilidade é de um jogo de tiroteio com missões para fazer do tipo coletar DNA, dominar território, eliminar alvo, etc. Isso tudo no meio de um monte de mortos vivos, isso deixa tão em destaque o gênero biopunk com essa “maldade” de uma grande corporação em usar pessoas para um treino tão macabro que dá um toque todo especial ao que está acontecendo.
Tem elementos na mecânica que são fantásticos, todos os jogadores usam um colar que fica aceso e faz com que os mortos vivos o ignorem. Então você pode passar sem se preocupar e eles ficam vagando por aí. Mas o grande destaque é o fato de que se alguém atira em você e por acaso acerta seu colar, todos os zumbis que estiverem ao seu redor vão imediatamente partir pra cima de você, assim como qualquer lugar onde for.
Você tem um tipo de gancho que pode usar para ataques rápidos e ainda aquecer ele para atear fogo em zumbis. Podendo usar ainda como auxílio para subir rapidamente em lugares. Tem também uma base no antebraço que serve para zumbis morderem, ao fazer isso você tem um escudo humano, então pode ir metendo bala em alguém enquanto usa o morto vivo para te proteger das balas.
E os cenários então? É maravilhoso rever lugares clássicos apresentados através de toda a franquia, indo desde delegacias de polícia de Raccoon City, até cidadezinhas na África. A sensação de estar novamente explorando determinados lugares e os vê refeito assim é realmente maravilhosa e com certeza capaz de empolgar os fãs da série.
Graficamente o jogo está bem legal, não é assim algo surreal e tal, mas é aquele tipo de gráfico que você vê que é bonito, e o melhor é que também é leve. O jogo foi desenvolvido em Unity, o que é estranho pra caramba já que normalmente empresas gigantescas como a Capcom preferem usar engines próprias ou usar algumas mais poderosas. Porém não importa, ficou realmente bom.
Agora o problema é muito simples… Parece que o jogo morreu! Não tem gente pra jogar, no começo eu pensei realmente que era apenas esperar. Mas depois de ficar meia hora tentando achar alguém, não podia acreditar. E olha que estou falando do terceiro dia após o lançamento ein? Ao ir no fórum, vi que tinha muita gente reclamando disso.
Depois de muito procurar e tentar de tudo, descobri que se eu mudasse o servidor de download da steam para o de Nova Iorque, podia achar gente. Isso porque no próprio jogo não tem algo que te permita selecionar um servidor e muito menos um servidor global. Mas no de Nova Iorque eu consegui finalmente jogar, porém tendo que esperar 25 minutos em uma sala para finalmente ter 6 pessoas e a partida começar. Agora imaginem que maravilha ficar lá paradinho esperando isso?
O jogo até tem um modo singleplayer, mas o problema é que ele é muito básico, você não pode jogar com bots de soldados, é um tipo de modo história em que você tem que ir a um lugar e sair matando zumbis, daí tem um tempo que mostra. São coisas do tipo “Colete vinte amostras de DNA”, daí você vai lá, mata vinte zumbis e pega, enquanto isso um relógio vai marcando se você bateu o seu último recorde. Algo dispensável.
E é o tipo de jogo que você precisa ganhar XP para liberar coisas novas, então ter que ficar achando partidas e esperar tanto para poder jogar é algo cansativo. Acaba sendo inevitavelmente frustrante. Bom, e basicamente é isso, infelizmente é um jogo que falhou não por sua mecânica, mas por falta de servidor global e falta absurda de comunidade.
Então se você for jogar, trate de achar amigos para comprarem junto com você, pois se for sozinho, acredite, vai ser complicado. Vale a pena dar uma conferida no site da G2A, pois lá eles costumam vender keys da steam por um valor bem mais barato que na própria steam e ainda aceitam boleto bancário. Dê uma conferida aqui.

Deixe um comentário