Procurado: Polícia divulga retrato de suspeito de esquartejamento - BR Acontece

Procurado: Polícia divulga retrato de suspeito de esquartejamento

BR ACONTECE
Amante da internet, tv, plataformas blogger e WordPress. Vivo conectado em um mundo chamado notícias online, sempre atualizando o site BR. Email:
Polícia divulga retrato falado de suspeito de esquartejamento (Divulgação)

 O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil divulgou nesta quinta-feira o retrato do suspeito de esquartejar um homem e espalhar os pedaços do corpo por pontos do centro de São Paulo, no domingo. O retrato foi criado a partir de imagens que o flagraram, na manhã de domingo, com um carrinho de feira próximo ao local onde foram encontrados três sacos de lixo com pernas, braços e um tronco humanos. As partes do cadáver foram achadas dentro de um carrinho idêntico, próximo ao Cemitério da Consolação, no bairro de Higienópolis, um dos mais nobres da capital paulista.
As feições do homem que aparenta ter por volta de 50 anos e usa bigode foram recriadas pelo laboratório de criminalística do DHPP a partir de um software semelhante ao usado pelo diretor James Cameron para criar os personagens do filme Avatar.
A mesma tecnologia está sendo usada para criar o retrato do homem esquartejado. A cabeça foi encontrada na última segunda-feira em um saco plástico na Praça da Sé e a polícia confirmou que pertence ao corpo esquartejado encontrado próximo ao cemitério.
A polícia investiga o envolvimento de uma mulher no crime e trabalha com a hipótese de a vítima ser um motorista de 55 anos morador da Zona Sul de São Paulo. Os policiais confirmaram na quarta-feira que familiares de um homem desaparecido teriam reconhecido a cabeça encontrada na Sé. A família não sabe do paradeiro do homem desde o início de março. Para confirmar o reconhecimento da família, serão feitos exames de DNA. O resultado deve sair em quinze dias. As pontas dos dedos foram arrancadas, possivelmente para dificultar a identificação do cadáver.

Fonte Veja

Deixe um comentário