Polícia quer, agora, identificar quem espalhou boato sobre vídeo de sexo envolvendo o nome de Viviane Araújo - BR Acontece

Polícia quer, agora, identificar quem espalhou boato sobre vídeo de sexo envolvendo o nome de Viviane Araújo

BR ACONTECE
Amante da internet, tv, plataformas blogger e WordPress. Vivo conectado em um mundo chamado notícias online, sempre atualizando o site BR. Email:
Viviane Araújo Foto: Fábio Guimarães
Após a Retratos da Vida desvendar o mistério e identificar o verdadeiro casal que foi filmado fazendo sexo numa rua em São Paulo, ato que foi atribuído a Viviane Araújo, a polícia agora quer saber quem foi o responsável por espalhar o boato envolvendo o nome da atriz de “Império” no caso.
Como a gravação aconteceu na Rua Joaquim C. de Azevedo Marques, no bairro Morumbi, Zona Oeste de São Paulo, a 34º DP de lá ficará responsável por apurar quem foi o responsável por vazar o vídeo do casal praticando sexo na madrugada do último dia 14. A coluna identificou que a gravação foi feita de um luxuoso Condomínio Pignatari.
“Vai ser instaurado um inquérito em São Paulo para apurar a suposta prática do crime praticado pelo casal. Daqui (do Rio), a delegacia vai enviar uma carta precatória para poder ouvir esse casal lá em São Paulo. A polícia vai intimar os responsáveis para prestar esclarecimentos lá e deve pedir cópia dessa gravação lá do condomínio”, informa a advogada da atriz, Regina Notini.
Titular da Delegacia de Repressão ao Crimes de Informática (DRCI), Alessandro Thiers explica que a partir da confirmação e confissão do casal de amantes como sendo as pessoas filmadas no vídeo fazendo sexo, haverá a necessidade de abrir um novo inquérito em São Paulo para dar sequência às investigações.
“Os casos são díspares. O que aconteceu lá foi um fato, um ato obsceno ou importunação ofensiva ao pudor, não sei como vai ser especificado lá. Isso vai ser apurado em São Paulo. O que está sendo investigado aqui pela DRCI é um outro fato. Aqui no Rio o que houve foi a divulgação do vídeo, imputando determinada pessoa, como sendo a Viviane Araújo a pessoa que estaria praticando um ato obsceno. As pessoas que associaram o nome da Viviane, elas vão responder. Ou seja, aqui está sendo investigado um crime contra a honra. Lá é um crime contra a liberdade sexual. Quando divulgaram imagem do casal, isso vai ser apurado em São Paulo. Aqui vamos investigar sobre o envolvimento”.
Casal vai se apresentar a polícia
O empresario de 36 anos, e sua amante, a autônoma, de 31, identificados pela Retratos da Vida como as pessoas que aparecem fazendo sexo numa rua em São Paulo, vão se apresentar à polícia.
“Eles vão fazer um boletim de ocorrência em São Paulo para esclarecer os fatos, com o intuito de preservar Viviane, que estava sendo acusada de um crime que ela não cometeu. Eles não sabiam o que fazer até então e foram orientados agora. Eles pretendem tomar as medidas legais para coibir a divulgação desse vídeo, retirando-o da web. Além disso, tomar uma medida jurídica e processar quem divulgou essa gravação”, diz o advogado do casal, Nelson Gomes de Souza.

Deixe um comentário