Petra Mattar ligou para o pai, Maurício Mattar, após perder virgindade, aos 16 "Eu gostei da minha primeira vez” - BR Acontece

Petra Mattar ligou para o pai, Maurício Mattar, após perder virgindade, aos 16 “Eu gostei da minha primeira vez”

BR ACONTECE
Amante da internet, tv, plataformas blogger e WordPress. Vivo conectado em um mundo chamado notícias online, sempre atualizando o site BR. Email:

Muitas meninas tem experiências traumáticas com a primeira vez, mas 

Petra Mattar posando para o Paparazzo, em ensaio que vai ao ar neste sábado, 26
((Foto: Alexandre Campbell / Paparazzo)

Petra Mattar diz que a dela foi tudo como ela imaginou. Durante o ensaio do Paparazzo, que vai ao ar neste sábado, 26, ela falou sobre sua intimidade.

“Perdi minha virgindade aos 16 anos, com meu primeiro namorado, que tinha 17. Era muito apaixonada por ele. Lembro que estávamos em um churrasco e avisei para ele que estava pronta. Fomos para casa dele e fiquei com muita vergonha. Mas ele foi um fofo e me deixou à vontade. Eu gostei da minha primeira vez”, disse ela. A parte inusitada do episódio foi o dia seguinte. Petra costuma contar tudo para seus pais, a empresária Fabiana Sá e o ator e cantor Maurício Mattar. “Meu pai não pergunta muito, mas sempre conto tudo para ele. Falei quando dei meu primeiro beijo, quando menstruei. … Meus pais sempre participaram dos momentos importantes da minha vida. Me senti na obrigação de contar para ele”.
Petra – que atualmente está com 20 anos e trabalha como vendedora em uma loja de roupas femininas -, diverte-se ao lembrar da reação do pai. “Estava morando em São Paulo, aí liguei para ele e falei: ‘Oi, pai. Preciso te contar uma coisa… Perdi minha virgindade’. Ele ficou mudo por um tempo e depois ficou me parabenizando repetidamente, como se eu tivesse passado no vestibular. Depois que se recuperou, fez aquele discurso de pai, dizendo que tinha de usar caminha e tal, e passou o telefone para eu falar com a mulher dele (risos). Achei que ia entrar toda minha família na linha para me parabenizar”.
EGO

Deixe um comentário