Para telespectador, Record é sangue e reprise, mostra pesquisa, entenda... - BR Acontece

Para telespectador, Record é sangue e reprise, mostra pesquisa, entenda…

BR ACONTECE
Amante da internet, tv, plataformas blogger e WordPress. Vivo conectado em um mundo chamado notícias online, sempre atualizando o site BR. Email:
Marcelo Rezende, apresentador do Cidade Alerta, programa com mais de três horas de reportagens policiais
Uma megapesquisa feita pelo Ibope sob encomenda da Record mostra que a segunda maior rede de TV do país tem uma imagem ruim no mercado. Os telespectadores percebem a Record como a emissora que mais explora noticiário policial e a que mais reprisa suas reportagens. A Record é, de forma geral, associada a sangue, sensacionalismo e repetição.
Esse resultado da pesquisa vem sendo mantido em sigilo dentro da Record. A pesquisa, realizada no ano passado, avaliou a imagem da Record, de seus apresentadores e de seus programas. Apresentações dos resultados foram feitos a todos os diretores e a equipes dos programas da casa, mas pontos negativos envolvendo a imagem da Record foram omitidos. Seus resultados tendem a nortear decisões futuras da Record.
Nessa pesquisa, por exemplo, se detectou que os jornalistas Paulo Henrique Amorim e Gerson de Souza são essenciais para o Domingo Espetacular. Amorim é a imagem do programa. Souza, um repórter que o público gosta porque sabe contar histórias de uma maneira simples.
A percepção de que a Record é feita de sangue e repeteco é reflexo da sua programação. Depois de três horas e 20 minutos de Cidade Alerta, a emissora introduz seu principal telejornal, o Jornal da Record, com cerca de 20 minutos de noticiário policial. E uma reportagem exibida no Câmera Record é reprisada no Fala Brasil, Cidade Alerta, Balanço Geral e Jornal da Record, além de outros programas e telejornais locais.
Um resumo da entrevista que Geraldo Luís fez com Rodolfo Carlos, da dupla com ET, no Domingo Show de ontem (6), foi ao ar à noite no Domingo Espetacular horas depois. E provavelmente será reprisada hoje.
A repetição é uma estratégia para driblar a falta de conteúdo. Foi por causa da falta de reportagens que Marcelo Rezende passou a conversar e a fazer brincadeiras com repórteres do Cidade Alerta, criando um estilo que vem funcionando.
Nota oficial
Após a conclusão deste texto, a Record emitiu a toda a imprensa a seguinte nota oficial:
“A Rede Record esclarece que a emissora contratou diversas pesquisas de público nos últimos meses. Nessas consultas, o jornalismo foi considerado um dos carros-chefes da programação com conteúdo exaltado pelos entrevistados pela credibilidade, exclusividade e responsabilidade editorial.
O jornalismo Record, respeitado pelo mercado publicitário, também é responsável por altos índices de audiência, em todo o Brasil, com vários programas que conquistam a liderança durante sua exibição”.
Fonte NotíciasDatv/Uol

Deixe um comentário