Meizu Pro 5 chega ao Brasil em kit que custa até R$ 4 mil - BR Acontece

Meizu Pro 5 chega ao Brasil em kit que custa até R$ 4 mil

BR Acontece
Criador do site BR Acontece, amante da internet, tv, plataformas blogger e WordPress. Vivo conectado em um mundo chamado notícias online, sempre atualizando o site BR.

20160308185057_660_420(Foto: reprodução)

O Meizu Pro 5 está chegando ao Brasil. O smartphone chinês, considerado um dos mais rápidos do mundo pelos softwares de benchmark, chega ao país a partir desta quarta-feira, 9, comercializado pela empresa brasileira Vi, que representa a Meizu na região.

A diferença é que a Vi não distribui apenas o celular da Meizu. Ela aposta em um conceito chamado “PhoneStation”, que inclui também alguns acessórios voltados para a produtividade que acabam encarecendo o aparelho, que chega em duas versões: a mais simples, custará R$ 3,7 mil; a outra sairá por R$ 4 mil.

O aparelho traz um processador Exynos 7420 octa-core, produzido pela Samsung, que colocou o smartphone no topo da lista dos Androids mais rápidos do mundo na época do lançamento, encerrando o ano na segunda posição (atrás apenas do Huawei Mate 8) segundo o ranking do AnTuTu. Como dito no parágrafo anterior, há duas versões, que têm variações de memória RAM (3 GB ou 4 GB) e armazenamento interno (32 GB ou 64 GB). Em ambos os casos, há leitor de cartão de memória microSD.

A tela AMOLED de 5,7 polegadas traz resolução Full HD, suporte a dois chips 4G de operadoras diferentes e entrada para cabo USB 3.1 tipo C, que também permite recarga rápida da bateria de 3.000 mAh. A câmera traseira tem 21 megapixels, com lente protetora de safira, enquanto a frontal tem 5 megapixels.

Os acessórios que acompanham o celular no kit PhoneStation são o “Vi Center”, que, entre outras coisas, é capaz de projetar um teclado Bluetooth em qualquer superfície plana e opaca, e o “Vi Cast”, que pode ser conectado à porta HDMI de uma TV para transmitir fotos, vídeos, músicas e espelhar a tela do smartphone

O kit será vendido exclusivamente no site da Vi.

Fonte: OlharDigital

Deixe um comentário