Mais de 9,2 milhões se inscreveram no Enem 2016; boleto vence dia 25 - BR Acontece

Mais de 9,2 milhões se inscreveram no Enem 2016; boleto vence dia 25

BR Acontece
Criador do site BR Acontece, amante da internet, tv, plataformas blogger e WordPress. Vivo conectado em um mundo chamado notícias online, sempre atualizando o site BR.

Resultado é o segundo maior da série histórica do exame, ficando atrás apenas da edição de 2014, quando foram registrados 9.490.952 de candidatos.

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2016 registrou 9.276.328 inscritos. O resultado é o segundo maior da série histórica do exame – ficando atrás apenas da edição de 2014, quando foram registrados 9.490.952 participantes. Na edição anterior, o número chegou a 8.478.096 inscritos. O prazo para inscrições terminou na sexta-feira (20).

“Este será um Enem transparente e com segurança. Exemplo de qualificação para a educação”, afirmou o ministro da Educação, Mendonça Filho, em coletiva à imprensa, onde foram apresentados os dados. O Enem deste ano segue na integralidade o Edital do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) nº 10, de 14 de abril, sem sofrer alterações.

A inscrição para os candidatos não isentos da taxa (R$ 68) será efetivada somente após o pagamento, que pode ser feito até quarta-feira (25) em qualquer agência bancária, casa lotérica ou agência dos Correios, por meio de Guia de Recolhimento da União (GRU), que pode ser gerada na página do exame na internet. Operações bancárias processadas pela internet após as 21h59 são consideradas fora do prazo. Portanto, caso isso ocorra, a inscrição não será homologada.

evolucao-das-incricoes_

A partir de 1º de junho próximo, será liberado o aplicativo Enem 2016 para dispositivos móveis. Os participantes terão acesso às informações necessárias ao longo de todas as etapas do exame, além da possibilidade de acompanhar o andamento da inscrição.

Esta edição do Enem traz, pela primeira vez, o reconhecimento individual por meio de impressão digital na ficha de identificação do participante. Esse novo procedimento adota a tecnologia de selo gráfico autoadesivo e soma-se aos demais, tais como lacre eletrônico nos malotes de prova e uso de detector de metais nos locais de aplicação do exame.

Especiais

Pessoas com deficiência ou necessidades específicas contarão com atendimento especializado, de acordo com pedido já feito pelos próprios interessados no momento da inscrição. Para tanto, o Inep pedirá, por correio eletrônico, a apresentação do documento comprobatório, que deve ser encaminhado de forma legível, por meio do sistema online, na Página do Participante.

Nele deve constar o nome completo do participante; o diagnóstico com a descrição da condição que motivou o pedido de atendimento; a assinatura e a identificação do médico ou profissional especializado, com o número do registro no Conselho Regional de Medicina (CRM) ou no conselho de classe.

Para os participantes surdos ou com deficiência auditiva, o tradutor-intérprete da língua brasileira de sinais (libras) deve auxiliar somente na compreensão de textos escritos. Ele estará impedido de traduzir integralmente o exame.

Para a edição deste ano do exame, Ministério da Educação (MEC) e Inep firmaram parceria com a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) para estudar a elaboração de provas em libras. A principal dificuldade é transcrever os termos da prova para a língua de sinais, em razão da limitação da terminologia para essa linguagem.

Nome

Travestis e transexuais que pretendem ser identificados pelo nome social precisam encaminhar cópia de documento de identificação, foto recente e formulário, que será liberado online, preenchido, entre os dias 1º e 8 de junho próximos, pelo sistema, na página do exame na internet.

Cartão

O cartão estará disponível exclusivamente na Página do Participante, em data a ser divulgada. A impressão, para apresentação nos dias de provas, não é obrigatória, mas recomendável, para que o candidato tenha as informações em mãos. No cartão constará o local de provas, datas e horários; o número da inscrição; a indicação do atendimento especializado ou específico; opção de língua estrangeira e solicitação de certificação, quando for o caso.

Provas

Nos dois dias de exame – 5 e 6 de novembro –, os portões nos locais de provas serão abertos às 12h e fechados às 13h (horário de Brasília). As provas terão início às 13h30. O tempo extra de meia hora será dedicado a procedimentos de segurança, como revista eletrônica, e para permitir a todos os presentes entrar em sala e guardar os pertences.

O período total de duração das provas permanece em quatro horas e meia no primeiro dia (sábado) e cinco horas e meia no segundo dia (domingo).

Oportunidades

A nota do Enem é usada como critério de acesso à educação superior por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e do Programa Universidade para Todos (ProUni). A participação na prova também é requisito para receber o benefício do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), participar do programa Ciência sem Fronteiras ou ingressar em vagas gratuitas dos cursos técnicos oferecidos pelo Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec). Além disso, estudantes maiores de 18 anos podem obter a certificação do ensino médio por meio do Enem.

Mais informações e o edital do Enem de 2016 estão disponíveis na Página do Participante e na página do Enem de 2016 na internet. Em caso de dúvidas, os candidatos podem ligar para o telefone 0800-616161.

Confira a apresentação do ministro sobre o Enem

Deixe um comentário