Maconha avaliada em R$ 1 milhão que saiu de MS é apreendida em Goiânia - BR Acontece

Maconha avaliada em R$ 1 milhão que saiu de MS é apreendida em Goiânia

BR Acontece
Criador do site BR Acontece, amante da internet, tv, plataformas blogger e WordPress. Vivo conectado em um mundo chamado notícias online, sempre atualizando o site BR.

Segundo o delegado, droga somou 1,5 tonelada

A droga seria distribuido na região metropolitana Goiania - Foto: (Foto: Murillo Velasco/G1)

A droga seria distribuido na região metropolitana Goiania – Foto: (Foto: Murillo Velasco/G1)

A Polícia Civil de Posselândia, a 45 quilômetros de Goiânia (GO), apreendeu nesta quinta-feira (14), cerca de 1,5 tonelada de maconha que saiu de Mato Grosso do Sul e teria destino a região metropolitana de Goiânia. O condutor do veículo, Vivaldo Pereira Filho, de 45 anos, foi preso por tráfico de drogas e confessou aos policiais que a droga apreendida está avaliada em R$ 1 milhão.

De acordo com o G1, o delegado Alécio Moreira, responsável pelas investigações, disse que o homem preso era apenas o transportador da droga. “O primeiro passo foi a apreensão da droga. Estamos identificando os pontos de distribuição e queremos chegar até o dono do material, que podem ser vários, o que está acontecendo aqui pode ser uma espécie de consórcio”, disse

A apreensão aconteceu na tarde desta quarta-feira (13). De acordo com o delegado, os bancos traseiros da caminhonete haviam sido removidos para o transporte da droga. Segundo informações da Polícia Civil de Posselândia, além da maconha, também foram apreendidos rádios-comunicadores e armamentos.

“A partir da presença do rádio, já pressupomos que outras pessoas participavam do transporte. Geralmente o equipamento é utilizado para que os chamados ‘batedores’ se comuniquem com o carro em que a droga é levada”, explicou Moreira.

Segundo a Polícia Civil, a droga saiu do Estado de Mato Grosso do Sul e está avaliada em R$ 1 milhão de reais, e de acordo com o delegado a apreensão da droga foi o resultado de dois meses de investigações, que apontavam que Vivaldo como transportador da droga até a Grande Goiânia.

O delegado disse ainda para a reportagem do G1, que está investigando o caso e que Vivaldo estava conduzindo uma caminhonete roubada, e que não descarta a suspeita de que a droga seja de uma quadrilha que, além de realizar o tráfico, estão realizando outros diversos crimes pelo país.

Fonte: Correio do Estado

Deixe um comentário