Helicóptero cai em Bertioga, no litoral de SP, e mata acionista da Companhia de Bebidas - BR Acontece

Helicóptero cai em Bertioga, no litoral de SP, e mata acionista da Companhia de Bebidas

BR ACONTECE
Amante da internet, tv, plataformas blogger e WordPress. Vivo conectado em um mundo chamado notícias online, sempre atualizando o site BR. Email:
Uma aeronave caiu próximo à Rodovia Rio-Santos, na altura do município de Bertioga, no litoral de São Paulo, na manhã deste sábado (27). De acordo informações do Corpo de Bombeiros, cinco pessoas morreram no acidente, entre elas uma criança e uma adolescente. A aeronave explodiu ao bater no chão. Uma equipe do Quarto Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos se dirige ao local para apurar a ocorrência. Duas das vítimas, identificadas como Lumara Rocha Müller e Marcelo Müller, levavam a filha de dois anos, Geórgia, para um hospital na Capital no momento do acidente.
Helicóptero sofreu acidente em Bertioga, no litoral de São Paulo (Foto: Divulgação / Polícia Militar)
Helicóptero sofreu acidente em Bertioga, no litoral de São Paulo (Foto: Divulgação/Polícia Militar)
Marcelo Muller é natural de Ribeirão Preto, no interior paulista, e era acionista da Companhia Müller de Bebidas, Pirassununga 51. Já Lumara era diretora de vendas em uma emissora de televisão em São Paulo.
Segundo a Polícia Militar, o piloto da aeronave foi identificado como sendo Tiago Yamamoto. Já a adolescente, que seria a babá da criança, ainda não teve a identidade confirmada pelas autoridades.
Segundo os bombeiros, a queda do helicóptero modelo Esquilo ocorreu na altura do Km 229 da rodovia, em uma área de mata próxima ao Rio Itapanhaú. A equipe de resgate afirma que cinco pessoas morreram no acidente, entre elas uma criança, uma adolescente e dois adultos – que seriam o casal, a filha e a babá da criança -, além do piloto.
De acordo com a dona de casa Raimunda Barbosa, de 54 anos, vários moradores das redondezas escutaram o barulho da explosão da aeronave. “Deu para ouvir nitidamente. Deu para observar que ele estava voando baixo, como se estivesse procurando um lugar para pousar”, relata.
A reportagem do G1 chegou ao local do acidente mas, como trata-se de uma área de mata fechada, os próprios bombeiros encontraram um pouco de dificuldade para entrar. A aeronave decolou do Condomínio Iporanga, em Guarujá, e caiu poucos minutos depois. O helicóptero seguiria para a Capital. O G1 entrou em contato com a empresa Helimarte Táxi Aéreo Ltda, proprietária da aeronave prefixo PT-HNC. Ela informou que ainda está apurando as informações para depois emitir uma nota oficial.

Uma equipe do Quarto Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa IV), da capital paulista, se dirige ao local do acidente para apurar a ocorrência. A área foi isolada pela Defesa Civil, os corpos permanecem no local e passam por perícia.
Fonte: G1

Deixe um comentário