“Foi muito bom”, disse o assassino da estudante Louise Ribeir


Polícia acredita que assassinato de Louise Ribeiro foi premeditado

Vedação de janelas de laboratório da UnB, onde estudante matou a jovem Louise Ribeiro, leva a polícia a investir na hipótese de que o crime foi pensado. Vinícius está sozinho em uma cela no Centro de Detenção Provisória da Papuda.

Vin--cius

A Polícia Civil divulgou nesta sexta-feira (18/3) novos trechos do depoimento de Vinícius Neres Ribeiro, 19 anos, assassino confesso da estudante de biologia da Universidade de Brasília (UnB) Louise Ribeiro, 20.

De acordo com a Divisão de Repressão a Sequestros (DRS), em seu primeiro relato, Vinícius não teria apontado o motivo que o levou a praticar o brutal crime. A DRS, no entanto, teve acesso a um aplicativo de mensagens da vítima. A partir dessa descoberta, a polícia fez um novo interrogatório e comprovou que a jovem não queria reatar o relacionamento, embora ele insistisse.

No relato, ele conta detalhes da motivação e disse que no momento do homicídio “teve uma sensação de controle, o que na hora foi muito bom”.

Confira o que ele disse:

drs-2 drs-3POLÍCIA CIVIL/DIVULGAÇÃO

Vinícius Neres teve a prisão preventiva decretada no sábado (12/3), após audiência de custódia. Ele foi indiciado pelos crimes de homicídio qualificado e ocultação de cadáver e pode pegar até 36 anos de reclusão, caso seja condenado.

Na noite de 10 de março, Vinícius matou Louise com requintes de crueldade em um laboratório do Instituto de Biologia da UnB. O rapaz assassinou a universitária, que se recusou a namorar com ele. Segundo depoimento dele à polícia, os dois chegaram a namorar em 2015.

Fonte: Metropoles

Comments 0

Deixe uma resposta

log in

reset password

Back to
log in
Choose A Format
Personality quiz
Trivia quiz
Poll
Story
List
Open List
Ranked List
Meme
Video
Audio
Image