ENTREVISTA CHOCANTE COM UMA CRIANÇA PSICOPATA - BR Acontece

ENTREVISTA CHOCANTE COM UMA CRIANÇA PSICOPATA

BR Acontece
Criador do site BR Acontece, amante da internet, tv, plataformas blogger e WordPress. Vivo conectado em um mundo chamado notícias online, sempre atualizando o site BR.

Esse documentário é impressionante! Uma entrevista chocante com uma criança “Psicopata” chamado “Child of Rage” – A Ira de um Anjo, que foi exibida pela HBO em 1992.

O vídeo que você assistirá logo abaixo mostra os efeitos do abuso sexual e de uma vida familiar conturbada na cabeça de uma criança, nesse caso, Elizabeth Thomas.

O caso de Beth Thomas não é um caso de crime, homicídio ou psicopatia em si, mas serve como exemplo para mostrar o enorme estrago e efeito que causam os crimes sexuais contra crianças e como isso pode marcá-las para sempre.

Bem, sem mais delongas..

Assista a entrevista chocante com Elizabeth Thomas:

Elizabeth Thomas era incapaz de se relacionar com qualquer ser humano e/ou criar laços de afeto, de sentir ou receber amor, além de uma completa falta de empatia, uma vez que ela era capaz de ferir ou matar outros seres vivos sem ressentimentos.

Quer saber como está Elizabeth Thomas hoje?

Para mostrar como ela está atualmente teremos que voltar um pouco no tempo. Em Abril de 1989, Elizabeth Thomas foi internada em uma casa especializada em cuidar de crianças com desordem emocional, e atualmente é enfermeira na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal e trabalha cuidando de minúsculos bebês frágeis.

atualmente-2

Além disso, ela escreveu um livro, “More than a Thread of Hope” e, junto com sua mãe adotiva, Nancy Thomas, criou uma clínica para crianças com distúrbios graves de comportamento. A sua história serviu de inspiração para o filme Child Of Rage – A Ira de Um Anjo.

Essa história deu o que falar quando tive a oportunidade de comentar sobre ela no meu MMP. O bom de tocar em um assunto tão delicado, é que você tem a oportunidade de ver as diferentes versões e opiniões dos curiosos sobre o caso. Como por exemplo, alguns profissionais comentaram que a psicopatia não tem cura, e que no caso da Beth, ela não seria uma psicopata. Mas sendo uma ou não, apesar de conviver em um país violento, essa entrevista me assusta até hoje.

Deixe um comentário