Brasileiro que morreu em voo tinha R$ 240 mil em cocaína no estômago, diz jornal - BR Acontece

Brasileiro que morreu em voo tinha R$ 240 mil em cocaína no estômago, diz jornal

BR Acontece
Criador do site BR Acontece, amante da internet, tv, plataformas blogger e WordPress. Vivo conectado em um mundo chamado notícias online, sempre atualizando o site BR.

Segundo um jornal britânico, a droga estava envolvida em 80 pequenos sacos. Brasileiro passou mal após um deles se romper

RTEmagicC_7fb41bba07.jpg

O jovem brasileiro de 24 anos que morreu em uma viagem entre Lisboa e Dublin, após ficar violento e morder um passageiro, tinha ingerido cerca de 600 gramas de cocaína, afirma o jornal britânico Daily Mirror.

John Kennedy dos Santos Gurjão, natural do Amapá, morreu na noite deste último (18), após ter convulsões e passar mal durante um voo da empresa Aer Lingus.

Ainda de acordo com a publicação local, uma autópsia realizada no corpo de John Kennedy encontrou pacotes de cocaína no interior do estômago do brasileiro.

A estimativa é de o jovem tenha ingerido em drogas uma quantia equivalente a 40 mil libras, cerca de R$ 240 mil. A cocaína estava envolvida em 80 pequenos sacos. John teria passado mal após um deles ter se rompido. Passageiros relatam que o brasileiro sofreu convulsões e se comportou de forma agressiva, chegando a morder um homem que estava sentado perto dele.

Membros da tripulação do voo tentaram imobilizá-lo, e John perdeu a consciência. Um médico e duas enfermeiras que estavam a bordo tentaram salvar o brasileiro, que não resistiu. Por conta da confusão, o piloto do avião efetuou uma aterrissagem de emergência no aeroporto de Cork, cidade no sul da Irlanda.

RTEmagicC_9db451b970.jpg

Segundo um jornal britânico, a droga estava envolvida em 80 pequenos sacos. Brasileiro passou mal após um deles se romper (Foto: Reprodução/Facebook)

Em entrevista ao jornal Irish Times, um passageiro do voo identificado como John Leonard relatou os últimos momentos do brasileiro. “Foi horrível e muito violenta [a morte do jovem]. O barulho que ele fazia era algo que eu nunca ouvi antes, e não desejo ouvir nunca mais. A melhor forma de descrever era que ele fazia sons de angústia profunda”, disse.

Uma mulher portuguesa de 44 anos foi presa. Ela viajava com o brasileiro, e dois quilos de anfetaminas em pó foram encontrados na mala da européia. O passageiro mordido por John chegou a ficar internado em um hospital da cidade de Cork, onde o voo da Aer Lingus fez um pouso de emergência.

Família diz que não sabia de viagem do jovem; corpo deve ser enterrado na Irlanda
A tia de John Kennedy, Lourdes dos Santos Gurjão, disse que a família não tinha conhecimento da viagem do sobrinho para fora dos país. Segundo a tia, ele mandava mensagens de texto dizendo que estava em Macapá, onde onde se mudou há um ano em busca de emprego.

O brasileiro tem oito irmãos, e perdeu os pais ainda na infância. Em entrevista ao G1, a família disse não ter condições de arcar com o translado do corpo de John da Irlanda até a cidade natal dele, Calçoene, no Amapá.

RTEmagicC_6bc998a8c8.jpg

Avião da companhia irlandesa Aer Lingus; empresa investiga morte de brasileiro em voo
(Foto: Adrian Pingstone/Creative Commons)

Não temos condições de trazer [o corpo]. O que a ‘moça’ nos informou do consulado [em Dublin] é que eles estão fazendo o exame de autópsia, não sabe a causa da morte e assim que tiver o resultado eles vão nos comunicar. A família é que tem que arcar com o traslado, se não quisermos, o governo [da Irlanda] enterra”, disse a tia, Lourdes Gourjão, para o G1.

O corpo de John Kennedy está no instituto médico legal da cidade de Cork, no sul da Irlanda.

 

Deixe um comentário