Antonio Fagundes revela que foi preso em Cingapura

Antonio Fagundes revela que foi preso em Cingapura

BR Acontece
Criador do site BR Acontece, amante da internet, tv, plataformas blogger e WordPress. Vivo conectado em um mundo chamado notícias online, sempre atualizando o site BR.

“Fui preso em Cingapura”, revela Antonio Fagundes sobre viagem

con_img_143758851697Reprodução/TV Globo

Antonio Fagundes participou do “Programa do Jô” desta terça-feira (21), e revelou um problema que teve com a polícia federal de Cingapura. Ele, que é colecionador de bengalas, comprou um novo exemplar e ficou surpreso ao descobrir que ele escondia uma arma branca em seu interior.

“Eu estava desistindo de comprar bengalas no exterior porque sempre na hora de embarcar é uma confusão, mas o vendedor me disse que aquela desmontava. Fiquei feliz porque dava para colocar na mala. Assim eu fiz, seguimos viagem para Cingapura e, ao chegar na alfândega, o rapaz me perguntou se eu tinha algo a declarar e pediu para abrir a mala. Eu permiti, ele pegou a bengala, desatarraxou e era uma adaga enorme por dentro. Eu não sabia e fui preso em Cingapura.”

O ator ainda lembrou que conseguiu se livrar da prisão, mas foi alertado para não cometer nenhum crime no país.

“Parece que a pena por lá são cinco chibatadas e fui fichado. Eu tentei explicar que eu era ator, acredito que eles perceberam que eu não sabia, mas disseram que se eu cuspisse no chão eu seria preso. Não podia mais fazer nada. Não pude trazer a bengala porque era a prova”, concluiu.

Fagundes também explicou que começou a colecionar bengalas depois que teve um problema de saúde que persiste até hoje.

“Eu tive um problema nas costas que começou a doer e precisava comprar uma bengala. Aí pensei em comprar uma bonitinha, depois outra e começaram a me dar [de presente]. O problema ainda continua. De vez em quando ainda tenho umas crises.”

Atualmente o ator está em cartaz no Rio de Janeiro com o espetáculo “Tribos”. E aproveitou para anunciar que vai voltar com a peça “Vermelho”, ao lado do filho, Bruno Fagundes.

Deixe um comentário